Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O processo que condenou o ex-presidente Lula no caso do tríplex chegou em tempo recorde ao TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região, em Porto Alegre.

Foram 42 dias, desde a sentença do juiz Sergio Moro, em julho, até o início da tramitação do recurso na segunda instância, que ocorreu ontem.

É o trâmite mais rápido até aqui, da sentença ao TRF, entre todas as apelações da Lava Jato com origem em Curitiba. Eventual condenação em segunda instância do petista impediria eventual candidatura dele em 2018.

A média dos demais recursos, no mesmo percurso, foi de 96 dias. No total, 31 apelações da Lava Jato tramitam ou tramitaram no TRF-4. Cerca de metade já julgada.

Com informações A Folha de S. Paulo