Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Médico ortopedista e Professor, Dr. Henrique César, fala sobre o aborto no SUS

O médico e professor universitário Henrique César, em seu comentário, nesta terça-feira, 26, no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Grande Fortaleza + 26 emissoras), faz um relato sobre os dados da Pesquisa Nacional de Aborto (PNA) onde indicam que no Brasil, uma em cada cinco mulheres com até 40 anos já fizeram aborto. O aborto é realizado normalmente nas idades que compõe o centro do período reprodutivo feminino, isto é, entre as idades de 18 e 29 anos.

Os números de internação pós aborto, contabilizado pela pesquisa são elevadíssimos, apenas entre 2004 e 2013 cerca de 9 milhões de mulheres interromperam a gestação no Brasil, conforme dados da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a maior parte são mulheres de baixa renda e de baixa escolaridade que realizam o procedimento em condições sanitárias péssimas, colocando suas vidas e saúde em risco.

Mesmo sendo crime no Brasil, o aborto tem anualmente uma estimativa de 250 mil internações no Sistema Único de Saúde (SUS), relacionado com o abortamento induzido. Segundo dados do Ministério da Saúde, o custo médio das internações por interrupção da gestação com complicações é de 317% maior do quer uma internação que acontece sem nem um tipo de intercorrência.