Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado estadual Renato Roseno (PSOL) criticou, nesta quarta-feira (11), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o projeto do Governo do Estado com mudanças nas normas que disciplinam a concessão de aposentadorias e pensões dos servidores estaduais.

Roseno afirmou que a reforma proposta pelo Governador Camilo Santana (PT) vai desidratar a pensão por morte que é recebida por viúvas e condenou a imposição das mudanças antes do Congresso Nacional avançar com a PEC Paralela que define regras para servidores estaduais e municipais se aposentarem,

Segundo Renato Roseno, não se justifica a pressa do Poder Executivo em querer fazer adaptação ao texto da Constituição do Estado com base em uma norma do Governo Federal que estabelece o prazo de seis meses para estados fazerem adaptação do texto constitucional na área previdenciária.

O líder do PSOL definiu como covarde o argumento do Governo do Estado para realizar, de forma açodada a reforma nas regras das aposentadorias e pensões dos servidores estaduais. Roseno deixou um recado para aos integrantes da base de apoio ao Governo Estadual: vocês serão cobrados, em seis meses, pelas mudanças nos critérios da previdência que prejudicam servidores estaduais ativos e inativos.   Nenhum aliado do Palácio da Abolição se contrapôs ao pronunciamento de Renato Roseno.

Confira na integra vídeos do Deputado Estadual Renato Roseno na manhã desta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa:

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp