Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um novo protocolo deve garantir e comprovar a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual aos profissionais de enfermagem, feita pelo Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza, conforme determinou a Justiça. De acordo com a decisão, os profissionais devem assinar um registro de distribuição para comprovar o recebimento dos equipamentos de proteção.

A medida resulta de Ação Civil Pública movida pelo Conselho Regional de Enfermagem do Ceará por meio da 5ª Vara da Justiça Federal no Ceará. A solicitação do Conselho Regional de Enfermagem do Ceará ocorreu após receber denúncias sobre a falta de Equipamentos de Proteção Individual para os enfermeiros e técnicos de enfermagem. As mudanças passam a valer no momento em que as autoridades receberem a notificação.

Somente nos últimos 26 dias foram totalizados mais de 300 ouvidorias feitas por profissionais de locais que estão dando máscaras inadequadas, como as de tecido, que não são indicadas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp