Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após perder o apoio do PT, o PSD, em aliança com o PDT, PMB, Solidariedade e Cidadania, homologou, nesta segunda-feira, a candidatura da deputada estadual Patrícia Aguiar à Prefeitura de Tauá. A médica Fátima Veloso, também, filiada ao PSD, é a candidata a vice-prefeita. O PSD homologou, ainda, 23 candidaturas à Câmara Municipal.

A mensagem do governador Camilo Santana, que não declarou apoio a Patrícia Aguiar, frustrou os convencionais do PSD. O PT, que tem Camilo como principal liderança no Ceará, desembarcou do grupo de Domingos Filho e se aliou ao DEM que tem como candidato o atual prefeito Fred Rego. O PT indicou a ex-secretária municipal de Planejamento, Socorro Almeida, para vice de Fred Rego.

De acordo com a assessoria de imprensa de Patrícia Aguiar, a convenção do PSD foi conduzida pelo presidente municipal da sigla PSD, Edmilson Bastos e transmitida pelas redes sociais.
Durante o evento, o senador Cid Gomes manifestou ao vivo seu apoio ao nome de Patrícia. “Patrícia é uma grande gestora e tem o meu apoio”.

O governador Camilo Santana enviou um vídeo com uma mensagem sobre a atuação política de Patrícia Aguiar. “Patrícia tem relevantes serviços prestados à população e, como deputada estadual, tem ajudado à sociedade com sua atuação”, disse Camilo.

Ao falar para os convencionais, Patrícia Aguiar agradeceu o apoio da população de Tauá e relembrou suas gestões como prefeita do município. “Eu e Fátima temos o compromisso de reconstruir Tauá. Temos cinco eixos de gestão que incluem saúde, educação, geração de emprego e renda, infraestrutura, desenvolvimento econômico”, destacou a candidata, disse Patrícia ao lado da candidata a vice-prefeita, Fátima Veloso.

NOVO TEMPO

O presidente estadual do PSD, o ex-vice-governador Domingos Filho, em sua fala, destacou a necessidade de Tauá retomar sua trajetória de crescimento e construir um novo tempo. “Tauá deixou de ser destaque de gestão para ocupar páginas policiais”, disse Domingos Filho.

O deputado Domingos Neto, coordenador da bancada federal cearense, enfatizou que por falta de compromisso administrativo, o município deixou de receber recursos. “Não conseguiram nem terminar as obras iniciadas por Patrícia, recursos chegaram a ser perdidos, prejudicando toda a população”, destacou Domingos Neto.

(*) Com informações da assessoria de imprensa do PSD