Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A tecnologia é cada vez mais aliada dos departamentos e setores de Cobrança das empresas quando o assunto é recuperação de crédito. Muito mais sustentável, ágil, econômico e com o melhor retorno financeiro, o SMS (mensagens de texto pelo celular) tem se tornado um dos instrumentos mais eficazes para comunicar clientes que estão com o pagamento de contas em atraso, e assim ajudar aumentar as chances de recuperarem o crédito.

A Boa Vista, empresa que oferece uma série de serviços de análise e recuperação de crédito para o mercado, informa que 88% dos seus clientes já utilizam Aviso Eletrônico de Débito – AED, seja por e-mail seja por SMS, para acionar os seus clientes inadimplentes. E destes, é cada vez maior o número dos que fazem este acionamento via SMS.

“O AED é um comunicado sobre a inclusão do documento de clientes inadimplentes, tanto pessoas físicas quanto jurídicas, no banco de dados do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), feito por e-mail e/ou SMS de Negativação Seguro Boa Vista”, explica Alexandre Xavier, diretor de Produtos Clássicos da Boa Vista.

“A Carta de Negativação enviada pelos Correios está sendo substituída, velozmente, pelo SMS, por ser muito mais ágil, seguro e com melhor retorno, tanto na recuperação do crédito quanto sobre o investimento. O SMS é mais acessível porque chega no celular, que está sempre na palma da mão do consumidor, tornando a leitura da informação muito mais rápida”, completa Xavier.

O SMS de Negativação é mais seguro porque possui tecnologia que permite entregar a mensagem ao consumidor com integridade, além de possuir mecanismo de validade e comprovação jurídica.

O produto também é mais rentável porque é entregue quase que imediatamente ao disparo, dando mais agilidade à entrega da informação que pode levar à quitação do débito.

No Brasil, para se entender melhor a magnitude da capilaridade do SMS, existem cerca de 138 milhões de celulares em uso, o que representa 77% da população com aparelho celular.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp