Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ministro da Saúde Ricardo Barros afirmou nesta segunda-feira, 14, que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão informatizadas até o final do próximo ano.

A declaração foi dada durante a abertura do Summit Saúde Brasil 2017, evento promovido pelo Estado que reúne alguns dos maiores especialistas no tema. Segundo Barros, todas as UBSs devem passar pelo processo, que inclui a implantação do prontuário eletrônico dos pacientes.

As medidas para modernização do SUS incluem ainda mais interatividade com os pacientes que, por meio do aplicativo E-Saúde, vão poder inclusive avisar quando não for possível comparecer a uma consulta.

“Hoje, financiamos doença e temos passar a financiar saúde. Investir em prevenção e promoção será a palavra de ordem. Sabemos que, em 30% das consultas, as pessoas não comparecem. Elas poderão confirmar com o smartphone”, explica Barros.

Para informatizar as UBSs, o ministério deve fazer um contrato com duração de 60 meses, que será pago mensalmente.

Em sua apresentação, o ministro apresentou ainda o projeto de criação de uma fila única para procedimentos cirúrgicos, cuja posição também poderá ser consultada por smartphones.

Com informações Estado de São Paulo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp