Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O suspeito de ser o mandante da morte do comerciante Xico Canuto foi capturado, na noite desse domingo (23) no município de Marabá, no Estado do Pará. Elckyson Matheus Muniz de Sousa (20), o “Neguim”, que já responde por tráfico de drogas e crime de trânsito, foi capturado por força de um mandado de prisão solicitado pela Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) do Ceará. Com a prisão de Matheus, o caso está concluído.

De acordo com o delegado Renato Almeida, da DHPP e presidente do inquérito policial, as investigações apontaram que o adolescente de 17 anos – que já possui três passagens na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas -, apreendido no último dia 05 de julho, foi contratado por Matheus para assassinar o comerciante Xico Canuto, porque ele não queria que Matheus traficasse nas proximidades do seu estabelecimento comercial. A vítima e o mandante chegaram inclusive a discutir dias antes do crime.

As investigações apontaram ainda que o adolescente recebeu como pagamento pelo crime 15 gramas de cocaína. A arma utilizada no homicídio foi fornecida para o menor pelo próprio Matheus. Com o avanço das investigações, Matheus, que é paraense, resolveu fugir para seu Estado de origem, porém foi capturado. Ainda conforme Renato, a Polícia Civil cearense repassou informações para a Polícia Civil do Pará que passou a realizar investigações para descobrir o paradeiro do foragido em Marabá. Além de ter sido cumprido o mandado de prisão, Matheus também foi autuado em flagrante por roubo. “Após descobrir que ele seria o mandante do crime e que era natural do Pará, fizemos contato com a Polícia Judiciária paraense e repassamos as informações. Então eles começaram a fazer diligências, mas ontem à noite Matheus foi preso por roubo e o delegado de lá, que estava nas investigações com a gente, foi até onde ele estava sendo autuado e cumpriu o mandado”, explicou o delegado Renato.

O crime

Francisco Nascimento Canuto (64), o “Xico Canuto”, possuía um bar na Praia de Iracema, onde na madrugada do dia 03 de julho, foi assassinado por um adolescente de 17 anos. A vítima estava sentada dentro do estabelecimento comercial quando o menor chegou e efetuou diversos disparos em Xico Canuto, que faleceu no local. Dois dias após o crime, o adolescente foi identificado por policiais civis do 2º Distrito Policial e capturado por policiais militares do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur). O adolescente foi encaminhado para a DCA, onde confessou o crime o forneceu detalhes para a Polícia. “Com a prisão de Matheus, concluímos essa investigação com a certeza que o caso foi devidamente elucidado e todos os envolvidos foram identificados e capturados”, concluiu Renato.

Com SSPDS