Categorias
Policial

Cearense com 16 mandados de prisão é detido em Goiás

Considerado um dos homens mais procuradores do Nordeste, o cearense Élisson Vidal Pinheiro, de 22 anos foi preso em Goiás, na madrugada desta quara-feira (31). A prisão foi consequência da operação policial na cidade Trindade, no estado de Goiás.

De acordo com o delegado Vicente Stabile, da 16ª Delegacia Regional de Trindade, o suspeito, que acumula 16 mandados de prisão por homicídio e tráfico de drogas,  foi preso em uma residência localizada no bairro Renata Park, na cidade goiana.

Participaram da operação policiais civis de Trindade e do Ceará. Élisson aguarda transferência para uma unidade policial no Ceará.

Categorias
Política Nacional Política

Após ‘dançando na chuva’, Weintraub toca Luiz Gonzaga na gaita para ‘provar’ que é cearense

Mais um episódio envolvendo o ministro da Educação Abraham Weintraub causou alvoroço nas redes sociais. Um vídeo do ministro tocando gaita para ‘provar sua origem cearense’.

Na companhia do deputado Jaziel Pereira (PR-CE), Weintraub toca a música ‘Baião’, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira.

O deputado chama o ministro de ‘cearense ilustre’, momento em que Weintraub começa a tocar o instrumento. Há três semanas, o ministro participou de uma sabatina na Câmara dos Deputados e já teria comentado que tinha família no Ceará.
“Duvido alguém tocar xote melhor que eu”, disse, na ocasião.
Categorias
Estadual

Projeto cearense descobre o potencial inexplorado da madeira de cajueiros

Por muito tempo a madeira do cajueiro teve o seu potencial econômico desconhecido em relação aos demais componentes da planta, como a castanha e o caju, produtos com bastante mercado nos ramos alimentícios e até de rações animais.

Diante desse cenário, o engenheiro mecânico Arquimedes Bastos, do Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará (Nutec), equipamento vinculado à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), teve um olhar diferenciado sobre as possibilidades dessa madeira.

Isso levou Arquimedes a desenvolver uma tecnologia inovadora para processar a madeira de cajueiro e criar diversos produtos que podem ser comercializados, como componentes para a produção apícola, peças para palets, e alguns tipos de móveis, como portas e banquetas.

A tecnologia ganhou reconhecimento e foi uma das escolhidas para se apresentar no Seminário Nordestino de Agropecuária 2019, que irá acontecer no Centro de Eventos, nos dias 13 a 15 de junho.

Categorias
Sem categoria

Livro do escritor cearense Justiniano de Serpa é relançado pelo Conselho Editorial do TJCE

Em continuidade ao resgate das obras jurídicas de autores cearenses, o Conselho Editorial e de Biblioteca do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), presidido pelo desembargador Paulo Francisco Banhos Ponte, lançou, nesta quinta-feira (30/05), o livro “Questões de Direito e Legislação: Discursos e Pareceres”, de autoria do escritor Justiniano de Serpa. A obra, que conta com 314 páginas, é uma republicação (similar) da 1ª edição, datada de 1920. É o 6º volume da coletânea do Resgate Histórico “Obras Jurídicas Universais”.

A solenidade ocorreu no Gabinete da Presidência do TJCE. Prestigiaram o evento, o chefe do Judiciário cearense, desembargador Washington Araújo; o corregedor-geral da Justiça, desembargador Teodoro Silva Santos; os desembargadores Durval Aires Filho e Maria Edna Martins, e a juíza Joriza Magalhães Pinheiro, auxiliar da Vice-Presidência e integrante do Conselho.

“Esse momento é muito importante para a cultura do Ceará e para o mundo jurídico. O Conselho Editorial está de parabéns pelo trabalho de resgatar interessantes obras de importantes nomes cearenses que surgem do passado”, destacou o presidente.

O desembargador Teodoro fez a apresentação do livro. O magistrado enaltece o autor “pelo esforço, talento e estudo de autodidata. Ele é um profundo conhecedor das Ciências Jurídicas, como também se fez jornalista, escritor, advogado, político, membro fundador da Academia Cearense de Letras e entusiasta do otimismo pedagógico republicano”.

Destacou, ainda, que Justiniano de Serpa, de origem humilde “ascendeu às mais elevadas posições e é havido um dos mais fervorosos adeptos do movimento abolicionista em sua época, cujos ideais defendeu pela imprensa e pela tribuna. Sua vida é um dos belos exemplos que se podem mostrar, de modo que é comparado a humildade de sua origem com a grandeza do seu destino”.

Na ocasião, o desembargador Paulo Ponte agradeceu aos envolvidos na produção da obra e falou da “importância de cultuar a memória da cultura brasileira. O Conselho já lançou muitas obras que resgatam os valores culturais de cearenses e juristas que estão esquecidos”.

Também participaram os juízes auxiliares da Presidência e Corregedoria, respectivamente, Rômulo Veras e Demétrio Saker Neto, além do analista judiciário Francisco Hudson Pereira Rodrigues, membro do Conselho.

O AUTOR

Jornalista e bacharelado em Direito, Justiniano José de Serpa nasceu em Aquiraz, em seis de janeiro de 1852. Foi relator da Comissão Especial do Projeto de Código Civil, cuja autoria coube ao jurista cearense Clóvis Beviláqua. É autor de obras do campo do  Direito, além de ensaios e poesias. Destaque para os livros: Oscilações (1883), Nosso Meio Literário (1896) e Questões de Direito e Legislação (1920).

Categorias
Esporte Destaque1

Roger Carvalho marca e Fortaleza é campeão cearense de 2019

Com direito a um futebol eficiente, Rogério Ceni lideoru o Leão ao título estadual na Arena Castelão. O Vozão, que precisava vencer por dois gols de diferença, sequer conseguiu marcar o primeiro.

É necessário destacar os méritos de um time que soube administrar a vantagem que conseguiu no jogo de ida e a capacidade de ampliá-la com Roger Carvalho aos nove minutos do primeiro tempo.

Pode comemorar, torcedor do Leão!

Após a conquista do título cearense, o técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, comentou sobre o futuro dele e o interesse do Atlético-MG. O treinador escutou os gritos de #FicaCeni da torcida do Fortaleza e foi muito festejado por todo elenco. Essa é a segunda grande conquista de Ceni no Tricolor do Pici, a primeira foi o título da Série B do Brasileiro de 2018.

Categorias
Esporte Deu Zebra

Como os times chegam para as semifinais do Cearense

Os primeiros confrontos das semifinais do Campeonato Cearense começam nesta quarta-feira (27) – Ceará x Floresta, Fortaleza x Guarany de Sobral. Os jogos marcam a reta final de uma competição cheia de surpresas e expectativas para o resto do ano.

Dentro de campo, os técnicos das duas equipes que disputarão a Série A em 2019 têm dores de cabeça pela frente. Se por um lado, as dúvidas de Lisca são por bons motivos, por outro, Rogério Ceni não contará com seis de seus jogadores.

Do outro lado, Floresta e Guarany não eram nem de longe os favoritos para chegar às semifinais. Na reta final, arrancaram arrancaram os resultados necessários e deixaram os concorrentes para trás. Agora, prometem dar trabalho aos grandes da Capital.

Ceará

As últimas atuações do atacante Ricardo Bueno dão uma boa dor de cabeça para o técnico Lisca. O jogador, agora, é a cara de gol do torcedor alvinegro. Questionado sobre o assunto, o técnico não garantiu, mas deu a entender (e muito) que Bueno será o dono do ataque: “ele está pedindo passagem“.

Fortaleza

Ceni terá cinco desfalques consideráveis para escalar o Tricolor. O zagueiro Juan Quintero e o lateral-esquerdo Carlinhos, suspensos; os laterais Tinga e Bruno Melo (departamento médico); e o zagueiro Nathan Ribeiro, por lesão. A boa novidade no Leão é a volta do volante Felipe.

Floresta

Os velozes Thalison e Renê são as principais marcas para tentar desbancar os adversários. Na grande área, o técnico Paulinho Kobayashi conta com a volta de Paulo Vyctor, que se junta a Erison para tentar balançar a rede adversária. Dessa vez, o embate com o Vozão será solo irregular do Domingão (o que pode beneficiar o Floresta).

Guarany de Sobral

A maior surpresa nas semifinais aposta no mando de campo para surpreender o Leão. Desde que o técnico Gilmar Silva assumiu o comando, o Cacique só ganha diante da torcida. Assim, o que se espera é que o jogo desta quarta esteja tomado por rubro-negros. O atacante Waldison, que vem marcando gols decisivos, poderá contar com até 5 mil torcedores.

Categorias
Esporte Deu Zebra Destaque2 Destaque3

Após confronto equilibrado e muita emoção, Clássico-Rei já tem próxima data

No primeiro Clássico-Rei do ano o que não faltou foi emoção! Desde o início, as duas equipes demonstraram querer o resultado e não pouparam esforços para criar jogadas na tentativa de balançar a rede adversária – a única coisa, inclusive, que faltou para alimentar o grito das torcidas. Mesmo com boas chances para os dois lados, o gol não saiu, deixando um pontinho para cada lado e situações bem distintas na tabela.

Com o resultado, por um lado, o Vozão se classificou para as semifinais e segue na liderança do Cearense; por outro, o Leão continua fora da zona de classificação e decide seu destino na próxima fase contra o Floresta. A batalha não será fácil para o Tricolor: o adversário é o vice-líder do Cearense, com 10 pontos, e quer se firmar como surpresa do Campeonato – em mais um ano, vale dizer.

Quem não vê a hora de acompanhar mais um Clássico-Rei, não precisa se desanimar: no próximo domingo, dia 17, pela Copa do Nordeste, Ceará e Fortaleza voltam a se encontrar.

Foto: Reprodução

Partidaça

O jogo foi equilibrado e disputado, com muitas chances de gol para os dois lados. Com uma marcação forte e velocidade, o Leão assustava com boas jogadas pela esquerda, com Edinho e Osvaldo, além de Júnior Santos, que deu trabalho a Richard. Pelo lado do Vovô, Roger fazia bem o papel de centro-avante e, junto com Leandro Carvalho, Baxola e Juninho – este, o nome do segundo tempo – o alvinegro garantiu grandes defesas a Marcelo Boeck.

Primeiras impressões

Com o início do duelo, não faltou movimentação. Pelo lado do Leão, velocidade com Osvaldo e Edinho. Pelo Alvinegro, troca de passes e cadência de jogo. A primeira chance de gol veio aos 9 minutos, em grande jogada de Edinho, que serviu Júnior Santos, mas parou nas mãos do goleiro Richard. O Ceará respondia logo após ter a defesa pressionada. Aos 19 minutos, a bola sobrou para Baxola, que chutou forte por cima do gol.

As duas equipes criaram e perderam muitas chances. O ritmo seguiu acelerado e equilibrado até o apito final – se encerra a primeira etapa.

Segundo tempo

Ceni logo mexeu na equipe, colocando Derley na vaga de Tinga. Já aos 4 minutos, Júnior Santos – novamente – ficou de cara para o gol, mas mandou para fora. No Ceará, Leandro Carvalho dava trabalho, chutando de longe, mas o zagueirão Luiz Otávio foi quem levou o maior perigo, colocando uma bola na trave após cruzamento pela esquerda. Aos 40, Juninho esquentou o jogo e, mais uma vez: bomba no travessão.

Juninho ainda tentou mais um arremate – o jogador se tornava, assim, o principal nome do Vozão na segunda etapa. Em chute de longe, pegou bem na bola, mas Marcelo Boeck foi ainda melhor: grande defesa. A emoção seguiu até o último lance da partida.

Agenda

O Ceará entra em campo na quarta-feira (13), às 21h30, pela Copa do Brasil. O Vovô enfrenta o Corinthians, na Arena Castelão. No domingo (17), às 18 horas, Ceará e Fortaleza se enfrentam novamente, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste, na Arena Castelão.

Categorias
Esporte Deu Zebra

Clássico-rei: final de semana de muita expectativa no Cearense

O Campeonato Cearense promete muitas emoções nesse final de semana com o primeiro Clássico-rei do ano. A pitada a mais de emoção desse jogo é o fato de que será a primeira vez após 26 anos que as equipes se enfrentam estando as duas, simultaneamente, na série A. O Vozão vem de uma permanência na elite do futebol e já está mais habituado com a Série A, enquanto o Fortaleza vem de uma acesso no ano do seu centenário.

No Campeonato Cearense, o alvinegro defende a liderança, após o empate amargo de 1×1 com direito polêmica envolvendo o técnico Lisca, contra o Atlético Cearense.

Já o Fortaleza não vem bem na competição, amargando duas derrotas e um empate nos últimos três jogos, mas a vitória expressiva pelo placar de 4×0 contra o Confiança na Copa do Nordeste pode dar um novo ânimo ao tricolor.

O Fortaleza é o quinto colocado, se encontra fora da zona de classificação para a próxima fase, precisa dar uma resposta se quiser se manter competitivo e vencer o maior rival seria um retorno triunfante, enquanto o Ceará defende a liderança e precisa voltar a vencer após os dois últimos empate contra o Barbalha e o Atlético.

O jogo acontecerá na Arena Castelão e contará com torcida mista. Os ingressos já estão disponíveis para compra desde quinta-feira (8) e podem ser encontradas nos pontos de venda das equipes e online na Bilheteria Virtual. O mando de campo é do Fortaleza. Os clubes desembolsaram R$40 mil para ter arbitragem de fora.

Ton Silva

Categorias
Esporte Deu Zebra

Retorno do FH: nos pênaltis, Ceará bate Foz do Iguaçu e se classifica na Copa do Brasil

Mesmo ocupando a meta adversária durante quase todo o confronto, o Vozão não saiu do empate com o Foz do Iguaçu, jogando fora de casa, pela segunda rodada da Copa do Brasil. Com o placar sem gols nos 90 minutos, a decisão da vaga foi para os pênaltis. Brilhou, então, a estrela do goleiro Fernando Henrique, que pegou duas cobranças e garantiu o Ceará na próxima fase. O goleiro, que era a terceira opção no início do ano, protagonizou um “Eu peguei“, mesmo antes da cobrança de pênalti defendida.

O Ceará colocou duas bolas na trave durante o jogo – uma no primeiro tempo, em uma bela jogada de Roger, e outra no segundo, com um arremate de fora da área do meia Juninho -, mas pecou no momento final. Destaque para o lateral esquerdo João Lucas, que conseguiu algumas boas jogadas com o meia Baxola; além de Luiz Otávio que, mais uma vez, foi o xerife da defesa. No mais, o time produziu bem, mas não conseguiu definir a partida quando teve a chance.

Mesmo com as tentativas, não deu! Nas cobranças de pênalti, Juninho fez o primeiro do Vozão, e Fernando Henrique pegou a cobrança de Bruno Nascimento. Na sequência, Felipe Baxola vacilou e desperdiçou – Vinicius Martins deixou tudo igual para o Foz. Ricardinho colocou o Alvinegro na frente e Fernando Henrique defendeu chute de Luiz Matheus. Em seguida, Roger fez, Thomas diminuiu, e Samuel Xavier garantiu a classificação do Ceará.

O Vozão encara, agora, o Corinthians, com datas ainda não definidas. A terceira fase já será no esquema de mata-mata (ida e volta).

Categorias
Esporte Deu Zebra

Vozão volta a campo com desafio de se manter líder do estadual

O Vozão volta a campo hoje, às 20h, no Castelão, pelo Campeonato Cearense, com o pesamento de se manter líder na competição, além de permanecer como um dos poucos times da série A que não registram, até então, derrotas em seus estaduais. Resta saber se o elenco irá corresponder às expectativas dentro de campo. Para isso, precisará vencer o Guarany de Sobral.

O alvinegro é o líder do campeonato, com seis pontos, já o Cacique do Vale, está na quinta colocação, com três pontos.

O desafio não é fácil. Para alimentar a invencibilidade: força total em campo! A equipe alvinegra considerada principal disputará, pela primeira vez, uma partida pela competição. Nas duas rodadas, até então, o Vozão entrou em campo com o time B – alternativo. As mudanças vêm, apenas, com Fabinho na vaga de Edinho, e Chico no lugar de Vitor Feijão – o artilheiro da equipe na temporada ganhando mais espaço!

Mais uma vez, o técnico Lisca não estará acompanhando o time, passando a bola para seus auxiliares. O técnico participa de um curso na CBF desde o último final de semana.

Escalação: Richard; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho e Juninho; Ricardinho, Felipe e Chico e Roger.