Categorias
Cidade Cotidiano

Procon notifica FaceApp, Apple e Google

A Fundação Procon de São Paulo notificou o aplicativo FaceApp e as empresas Apple e Google, proprietárias das e-stores (lojas virtuais) que disponibilizam o aplicativo. Segundo o Procon, as empresas terão que explicar políticas de coleta, armazenamento e uso dos dados dos consumidores que utilizam o aplicativo de celular.

“Informações divulgadas na imprensa afirmam que a licença para uso do aplicativo contém cláusula que autoriza a empresa a coletar e compartilhar imagens e dados do consumidor, sem explicar de que forma, por quanto tempo e como serão usados. E ainda, essas permissões não estão disponíveis em língua portuguesa”, destacou a entidade em nota, nesta quinta-feira (18).

O FaceApp, disponível nas lojas de aplicativos Play Store (para o sistema operacional Android, da Google) e Apple Store (para o sistema operacional iOS), virou febre nas redes sociais. O aplicativo faz edição e aplicação de filtros em imagens, como a simulação das faces em idades mais avançadas ou em outros gêneros. 

Especialistas apontam que o aplicativo pode trazer uma série de riscos à privacidade do usuário e viola a legislação brasileira ao afirmar que poderá ser regido por leis de outros países.

Categorias
Economia

Procon notifica a Gol e pede explicações sobre promoção de voos por R$ 3,90

A Fundação do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado de São Paulo (Procon-SP) notificou e pediu explicações, nessa quarta-feira (19), à Gol Linhas Aéreas S/A para que esclareça a comercialização de passagens aéreas internacionais por R$ 3,90, na noite dessa terça-feira (18).
A companhia havia anunciado que a promoção duraria duas horas. Começaria às 21h30 e duraria pelo período do jogo do Brasil contra a Venezuela pela Copa América. Mas, por volta das 21h, o site da companhia apresentava instabilidade e muitos internautas apontavam que estava fora do ar.
Mesmo assim, às 21h59, a empresa ignorou as reclamações e comemorou no Twitter que todas as 100 passagens em promoções foram vendidas. “A promoção foi um verdadeiro GOL de placa, hein @brahmacerveja?! Mas ainda tem muita bola pra rolar, e quem sabe não vem aquele grito de GOL pra nossa Seleção, né?!”, escreveu.
Agora, o Procon quer saber onde foram disponibilizados e quais os termos e condições da promoção; quantas passagens aéreas foram comercializadas; quais canais de venda foram disponibilizados para acesso dos consumidores; e em quanto tempo foram comercializadas estas passagens.
Além disso, a Gol também terá que enviar a relação de consumidores que conseguiram adquirir passagens durante a vigência da promoção com indicação de destino, e-mail e telefone de contato. “A notificação feita pela fundação visa resguardar os direitos dos consumidores”, diz o Procon. A empresa terá 24 horas para apresentar resposta.
Em nota, a empresa afirmou que a “GOL a preço de Brahma” teve um alcance recorde e as 140 passagens a preço especial foram vendidas em poucos minutos. “Tivemos inúmeros acessos simultâneos, o que fez com que nosso site sofresse instabilidade”, alegou.
(*)com informação do Correio Braziliense
Categorias
Cidade Destaque3

Como evitar ciladas no feriado do Dia das Mães

Os cearenses comemoram o Dia das Mães nesse domingo (12). A data aquece o comércio nas lojas físicas e em sites pela internet – no entanto, é preciso ficar atento. A diretora do Procon Fortaleza, Claudia Santos, alerta que essa data serve para que pessoas mal-intencionadas se beneficiem.

Em entrevista ao Jornal Alerta Geral, a diretora apresenta uma série de dicas para que o consumidor não saia prejudicado nesse feriado. Além do Procon, o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) recebe, por meio do site, denúncias de abusos cometidos por fornecedores.

O Procon é um órgão da Secretaria de Defesa do Consumidor, que foi criado através da lei nº 8.740 e tem por objetivo principal assegurar a observância e exercício real do Código de Defesa do Consumidor. Os consumidores podem entrar em contato por meio do site oficial do órgão.

Clique no player para ouvir a entrevista completa:

Categorias
Cidade Destaque3

Cagece lidera queixas no Procon Fortaleza e pode pagar multa de até 12 milhões

Depois de liderar por três anos consecutivos o maior volume de queixas em Fortaleza, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) tem 10 dias corridos para apresentar um planejamento com medidas internas, para solucionar demandas pendentes dos clientes.

O prazo começou a ser contado na última terça-feira (30), quando a empresa foi notificada pelo Departamento de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon). Caso a Cagece não cumpra o prazo, poderá ser penalizada com base no Código de Defesa do Consumidor e poderá pagar multa de R$ 700 a R$ 12 milhões.

Categorias
Estadual Economia

De olho nas compras: itens de supermercados tem queda de 1,67%

Uma pesquisa realizada pelo Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), realizada entre os dias 22 e 23 de abril, apontam uma redução de R$ 1,67% em itens de supermercado. Os dados foram divulgados nessa terça-feira (30).

No estudo, foi feita a soma da média de 60 produtos pesquisados em diversos supermercados da Capital. Apesar da redução, a pesquisa mostrou que a diferença do preço entre os produtos variam 302,71% entre os supermercados.

Os produtos que apresentaram maiores variações foram abacaxi, com variação de 302,71%, batata, com 193,97% e o alho, com 186,88% de variação.