Categorias
Esporte

Árbitro de Vídeo: justiça pra quem?

Existe um ditado muito conhecido que diz “Errar é humano, mas persistir no erro é burrice”, fazendo uma rápida alteração para aplicar o dito popular à atuação da arbitragem brasileira frente aos clubes cearenses, podemos lê-lo do seguinte modo: “Errar é humano, mas persistir no erro é desonestidade”. 

Neste último final de semana, o Ceará Sporting Club saiu mais uma vez saíram de campo engasgado com uma má decisão da arbitragem. Jogando fora de casa, o clube comandado por Enderson Moreira enfrentou o duríssimo São Paulo, que estava em dia de festa. Os torcedores presentes no Morumbi comemoraram a estréia de Daniel Alves pelo tricolor, além de festejar o primeiro jogo do debutante espanhol Juanfran.

Uma linda festa, com ingredientes bem selecionados, restava apenas o sabor final, um triunfo. A vitória veio, e o gol foi justamente dele, Daniel Alves, mostrando seus requintes de qualidade dentro de campo. Sem problemas até aí, méritos da equipe comandada por Cuca por balançar as redes, acontece que cabia ao Ceará fazer seu trabalho, buscar o empate e foi isso que fez na partida.

Conseguiu manter-se sólido durante o primeiro tempo, finalizando bem à meta do tricolor, apesar do gol sofrido após a falha dos marcadores. As tentativas de gol, sobretudo de Ricardinho e Samuel Xavier, foram barradas pelo goleiro Thiago Volpi. No segundo tempo o cenário era de mais equilíbrio, com uma chance pontual do São Paulo logo no início com Raniel, que chutou forte para defesa de Diogo Silva. Porém, alguns minutos depois, eis a polêmica.

Dentro da grande área, o atacante Felippe Cardoso recebeu a bola e tocou para o gol, sendo derrubado na sequência pelo goleiro Thiago Volpi, que não chegou a tocar na bola. Apesar de, claramente, o goleiro impedir a conclusão da jogada por Cardoso vindo com ação violenta pelo alto, o árbitro de vídeo analisou como lance normal, confirmando decisão do árbitro de campo, para protestos do time do Ceará.

A não marcação do pênalti prejudicou a equipe alvinegra que não conseguiu a oportunidade de empatar a partida e voltar pra casa com um ponto na bagagem. Decisão arbitrária, que coloca em cheque a reputação do árbitro de vídeo nas partidas em que estão atuando as equipes cearenses. E assim, após implantação e divulgação como mecanismo inovador de ética e sensatez, fica a pergunta sobre o VAR: Justiça pra quem?

Categorias
Cotidiano

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado de R$ 80 milhões

A Mega-Sena, que está acumulada pela 5ª vez consecutiva, sorteia nesta quarta-feira (12) o prêmio de R$ 80 milhões.

O sorteio das seis dezenas do concurso 2.159 será realizado, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias da Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render mais de R$ 297 mil por mês. O montante é suficiente também para adquirir 20 apartamentos de luxo.

As pessoas poderão fazer suas apostas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Categorias
Esporte Deu Zebra Destaque3

Fortaleza sai derrotado contra o São Paulo e quebra série de 12 jogos sem perder em casa

O Fortaleza perdeu a invencibilidade de 12 partidas em casa. O Leão foi derrotado pelo São Paulo por 1 a 0, na Arena Castelão, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado pelo meia Hernanes aos 31 minutos do segundo tempo.

O jogo marcou o primeiro encontro de Ceni com seu ex-clube, ao qual defendeu por 25 anos como atleta (e ídolo). O ex-goleiro e  recebeu homenagens das duas torcidas.

O Fortaleza jogou bem e chegou com perigo no gol adversário, mas Tiago Volpi, goleiro do São Paulo, estava numa noite inspirada. Aos seis minutos, Marcinho ficou cara a cara com Volpi e chutou rasteiro, mas o goleiro conseguiu evitar o gol do Leão.

Na etapa final o São Paulo votou melhor. Com a entrada de Hernanes no lugar de Igor Vinícius, Hudson passou para a lateral-direita, e de lá saiu o gol. Em contra-ataque, aos 31 do segundo tempo, o Profeta recebeu de Hudson e bateu na saída do goleiro para abrir o placar.

Agora, o tricolor cearense volta a jogar na quinta-feira (16), contra o Athletico, às 21h, novamente no Castelão, pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Categorias
Esporte Deu Zebra Destaque3

Leão entra em campo contra o São Paulo buscando manter invencibilidade de 12 jogos como mandante

O Leão tem mais um desafio pela frente e, dessa vez, com um gostinho especial para o técnico Rogério Ceni. Fortaleza e São Paulo se enfrentam neste domingo (12), às 19h, no Castelão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo marca o primeiro encontro de Ceni com seu ex-clube ao qual defendeu por 25 anos como atleta (e ídolo).

O Tricolor cearense entra em campo para manter uma invencibilidade de 12 jogos como mandante. Com uma vitória sobre o Athletico e derrotas para Palmeiras (4 a 0) e Botafogo (1 a 0), o time mantém o esquema com quatro atacantes e conta com os retornos do zagueiro Quintero, do lateral Carlinhos e do goleiro Felipe Alves na defesa leonina.

Já o São Paulo espera se manter na parte de cima da tabela. O time soma duas vitórias e um empate. Seu destaque na frente, no entanto, não estará disponível para o duelo – Alexandre Pato, machucado, não joga. Além dele, Arboleda e Anderson Martins também desfalcam a equipe.

O jogo será transmitido pelo Premiere, Premiere Play e PFCI.

Categorias
Policial

Suspeito de matar transexual cearense é preso

Justiça de São Paulo decretou, na nesta terça-feira (7), a prisão temporária por cinco dias de Jonatas Araújo dos Santos, de 25 anos, suspeito de ter assassinado a pauladas a transexual cearense Larissa Rodrigues da Silva, 21 anos.

O crime ocorreu na noite do último sábado (4), na Alameda Tacaúnas, Zona Sul de São Paulo.

A juiza Tamara Priscila Toci afirmou em sua decisão que “a finalidade da chamada prisão temporária é auxiliar na conclusão das investigações policiais. No caso, a prisão do investigado se mostra imprescindível para término das investigações, sendo necessária a medida para realização dos demais atos de polícia judiciária para conclusão da investigação e apuração de todas as circunstâncias do grave delito”.

No início da noite desta segunda-feira (6), o suspeito se apresentou à delegacia e alegou que praticou o crime em legítima defesa. A polícia está buscando imagens de câmeras de segurança para saber como aconteceu o crime.

Categorias
Esporte Deu Zebra

Araruna diz que Ceni mandou mensagem “confia em mim”

Reforço do Leão, o volante Araruna, de 23 anos, velho conhecido de Rogério Ceni, que o lançou ao time profissional do São Paulo em 2017, falou sobre a alegria de ter recebido uma mensagem do treinador e ídolo são paulino, que pediu a sua contratação ao clube cearense e foi atendido.

Fiquei muito feliz quando o Rogério me mandou mensagem. É um cara que confia no meu trabalho. Vou treinar como sempre fiz, forte, para que ele tome as decisões e assim eu possa ajudar o time“, disse Araruna em entrevista coletiva.

O mais novo reforço e provável titular no setor de meio campo, que jogará no Fortaleza por empréstimo até o fim do ano, treinou normalmente com todo o elenco e já está à disposição do técnico Rogério Ceni para as três competições em que o Leão está: Copa do NordesteCearense e Copa do Brasil.

Araruna deve estrear neste domingo (17), no segundo Clássico-Rei do ano, dessa vez, pela Copa do Nordeste, às 18h, no Castelão. O clube nordestino bancará o salário integral de Araruna. Mais uma boa dor de cabeça para o técnico do Leão que, mesmo mantendo um bom desempenho nos últimos jogos, precisa avançar em alguns setores.

Categorias
Luzenor de Oliveira Política Destaque1 Destaque3

Justiça Eleitoral de SP avança sobre candidaturas ‘laranjas’. CE tem casos semelhantes

As investigações sobre uso de ‘candidatas laranjas’ avançam e, no estado de São Paulo, deputados federais e estaduais correm o risco de perder o mandato por terem sido beneficiados com votos atribuídos à mulheres que disputaram as eleições. As candidatas teriam a função de, apenas, atender a exigência da legislação ou, ainda, drenar recursos a colegas de partidos que concorreram à Assembleias Legislativas e à Câmara Federal. O Ceará tem, também, investigações sobre candidatas laranjas.

A Polícia Federal e o Ministério Público Eleitoral têm inquéritos abertos em vários estados para apurar as denúncias de que recursos do Fundo Eleitoral saíram em nome de candidaturas femininas, mas foram direcionados a despesas para os candidatos homens. É, porém, em São Paulo, onde o avanço dessas investigações é mais acelerado com o pedido do Ministério Público Eleitoral à Justiça para a perda de mandatos de deputados estaduais e federais beneficiados com os votos das chamadas candidatas laranjas.

Laranjas no Ceará

Um dos casos, no Ceará, que ganharam o noticiário nacional é da então candidata do PSL à Assembleia Legislativa, Gislani Maia. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gislani, que teve  3,5 mil votos, recebeu do partido, no dia 5 de outubro de 2018 – dois dias antes do primeiro turno da eleição, o valor de R$ 150 mil em recursos públicos do fundo eleitoral.

De acordo com a prestação de contas apresentadas ao TSE, a candidata pagou R$ 143 mil a três gráficas que seriam para impressão de materiais de campanha. Segundo uma reportagem do Jornal O Globo, edição do dia 22 de fevereiro deste ano, as notas fiscais do dia 5 de outubro apresentadas pela candidata à Justiça Eleitoral são pelo fornecimento de 4,8 milhões de santinhos, panfletos e bottons, além de 20 mil adesivos para carros

A reportagem destaca, também, que a  maior parte da despesa da candidata — R$ 103,2 mil — foi concentrada em uma única gráfica, a M C de Holanda Carvalho, cujo nome fantasia é EH 8 Comunicação Visual. A gráfica também imprimiu material para Heitor Freire. Heitor, em nota, contestou qualquer irregularidade nas contas de campanha.  

Outro caso envolvendo candidata com suspeita de uso de recursos do Fundo Eleitoral, de forma irregular, é de Débora Robeiro, que concorreu a um mandato de deputada estadual. Débora, do PROS, recebeu, como doação do Fundo Eleitoral, R$ 274.000,00 e conseguiu, na eleição, apenas 47 votos. Débora é cunhada do deputado federal reeleito Vaidon Oliveira. Os dois casos – tanto de Gislani, quanto de Débora, são investigados pela Polícia Federal e Ministério Público Eleitoral.

Cassação de mandatos

Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, de acordo com reportagem do Jornal O Estado São Paulo, edição desta segunda-feira, apresentou quatro Ações de Impugnação de Mandato Eletivo contra parlamentares eleitos e candidatos do Podemos e partidos coligados PHS e PMB, Solidariedade e Patriota, por suposto uso de candidatas “laranjas”para preencher a cota de 30% de mulheres exigida pela legislação eleitoral nas eleições de 2018. 

As ações, segundo a reportagem, pedem a cassação dos mandatos de quatro deputados federais e sete deputados estaduais, além de mais de 500 suplentes. Conforme a procuradoria, foram identificadas mais de 60 candidatas “laranjas” em São Paulo no ano passado. A reportagem destaca que, em pelo menos dois casos envolvendo o Patriota, há suspeita de uso das candidatas para desvio de verbas do Fundo Eleitoral.

Categorias
Política

Menos bebida alcoólica nos postos de combustíveis: Camilo poderia imitar medida do Governo de SP

Uma medida  adotada pelo Governo de São Paulo poderia ser copiada pelo Estado do Ceará como iniciativa para barrar muitos motoristas que bebem e pegam a direção do carro. O governador de São Paulo João Doria (PSDB) sancionou um projeto de lei que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nas dependências dos postos de combustível de todo o Estado. 

De acordo com a lei, a ingestão de álcool fica autorizada no interior das lojas de conveniência e restaurantes, além de áreas restritas e delimitadas que não se confundam com a pista de abastecimento de veículos.  Publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo dessa quinta-feira, 17, a medida já está em vigor. 

Conforme o texto da lei, os postos de gasolina deverão fixar avisos de proibição em pontos de ampla visibilidade e advertir os infratores sobre a proibição. “Em caso de persistência“, diz o texto, “o infrator será retirado do local, utilizando-se força policial, se necessário“. 

A lei disciplina penalidades a quem a descumprir: o responsável pelo posto de combustível está sujeito a sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor, como multa, apreensão de produto, intervenção administrativa, cassação de licença do estabelecimento e imposição de contrapropaganda.