Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) será eleito presidente da República no dia 7 de junho, em eleição indireta, pelo Congresso Nacional, após a cassação da chapa Dilma-Temer, pelo Superior Tribunal Eleitoral, no dia anterior. Esta foi a saída negociada e definida pelas lideranças nacionais e o Poder Judiciário, para tentar aplacar a crise política que desmonta o governo Temer, tumultua e ao mesmo tempo paralisa o Brasil.

Acordão

A ideia é que Tasso fique na Presidência até o dia 1º de janeiro de 2019, proceda com mais tranquilidade e equilíbrio as reformas trabalhista, previdenciária e política em curso, e seja sucedido pelo candidato eleito em pleito direto, no dia 3 de outubro de 2018, conforme o calendário eleitoral. Para que isso aconteça, o Congresso deverá aprovar uma mudança na Constituição, que já faz parte do acordão selado. Tasso é um dos poucos políticos com experiência, maturidade e projeção nacional não atingidos pela Operação Lava Jato.

Será?

As acusações do empresário Wesley Batista de que Cid Gomes teria recebido propina de R$ 20 milhões para a campanha de Camilo Santana não afetarão a candidatura do seu irmão, Ciro Gomes à Presidência da República. A avaliação é do deputado federal Chico Lopes. Ele argumenta que o ex-governador já negou ter recebido a grana e que a declaração do empresário não tem qualquer consistência. Chico lembra que Cid também vai processar Batista.“Eu analiso que a negação foi real, concreta e que não deixa nenhuma dúvida.” -afirma.

Tem quem não acredite

O deputado Odilon Aguiar (PMB) solicitou na quarta-feira (24) a investigação das denúncias de pagamento de propinas para financiar a campanha eleitoral do governador Camilo Santana em 2014. Odilon lembrou que, segundo o delator da JBS, Wesley Batista, o ex-governador esteve com ele e solicitou ajuda para a campanha de Camilo Santana e, completou o delator, cerca de duas semanas depois ele foi procurado pelo então secretário Arialdo Pinho e Antonio Balhman.

Tá no Diário Oficial

Apresentando dados do Diário Oficial do Estado, Odilon Aguiar afirmou que, no período de 6 a 8 de agosto de 2014, o Estado fez pagamento de diárias de viagem ao então chefe da Casa Civil do Governo, Arialdo Pinho, e à servidora Daniela Navarro. Entretanto, o DOEsó registrou o pagamento dessas diárias após as eleições de 2014. Segundo o parlamentar, Arialdo e a servidora viajaram a São Paulo no mesmo período em que o proprietário da empresa informou ter mantido contato com o secretário. O objetivo seria tratar da liberação de recursos para a campanha de Camilo Santana.

Nota fria

“O delator disse como tinha sido feita a negociata. Foram pagos R$ 10 milhões de forma oficial e R$ 9,8 milhões em notas frias. A empresa Cabuc Serviços de Computação Gráfica, da Daniela Navarro, emitiu notas de aproximadamente R$ 400 mil referentes a essa propina”, disse. Para Odilon, esses fatos têm de ser tratados com seriedade, e a veracidade de tudo deve ser verificada.

Decolagem

Deputado Sergio Aguiar (PDT) anunciou durante a sessão de ontem da Assembleia Legislativa que o leilão do Aeroporto Internacional Pinto Martins será homologado na próxima terça-feira pela ANAC. O contrato de concessão do aeroporto deverá ser assinado no próximo dia 28 de julho. A Fraport, empresa que comprou o Pinto Martins, vai investir, inicialmente, R$ 2 bilhões no empreendimento.

Decolagem 2

O Aeroporto Internacional Pinto Martins está se preparando para realizar a transição paraFraport,a empresa alemã que ganhou a concessão do equipamento. A informação é da superintendente da Infraero, Elenilda Cunha. O início da transição está previsto para o final de julho. As obras de reforma e ampliação do aeroporto serão feitas pela nova concessionária.

Sujo e mal lavado

Na tribuna da AL, Elmano de Freitas (PT) pediu o impeachment do presidente Temer. Depois, Capitão Wagner (PR) disse que “tem que se pedir o impedimento de Temer e também de Camilo (Santana), que é do seu partido, Excelência…”. Elmano ficou calado. Enquanto isso, Ely Aguiar pediu uma CPI para investigar “toda a confusão”.

Suspende…

Esquentou a sessão da Assembleia, ontem, com a oposição ocupando todos os espaços por falta de operadores governistas. O tema era JBS. João Jaime (DEM) teve uma ideia: pediu que os governistas esvaziassem o plenário e ele, Jaime, pediria verificação de quórum. Não deu outra. A reunião terminou cedo, as 11h30min, sob protestos da oposição.

Zonas eleitorais reduzidas

A vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Maria Nailde Nogueira viajou a Brasília para participar de reunião da Associação dos Magistrados do Brasil,que está discutindo a redução das zonas eleitorais no Ceará e em outros estados. A medida adotada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, não agradou a ninguém e os juízes eleitorais querem que seja revista.

Impacto negativo

Conforme a desembargadora, a redução causa um impacto muito grande nos estados, que têm 30 dias para as implementar. Nailde Nogueira afirma que o Ceará já havia reduzido suas zonas eleitorais e com a medida do TSE vai perder mais 20. Ela critica que a decisão do TSE vai aumentar a distância entre o eleitor e a Justiça Eleitoral. Uma zona eleitoral que hoje dá cobertura a um ou dois municípios, passa a abranger cinco.

Improcedente

“Esse, é um impacto muito grande e preocupante, principalmente em véspera de eleição como a de 2018, que deverá ter uma vigilância muito maior.” – analisa. A magistrada observa que não procede a justificativa de que a redução de zonas eleitorais diminuiriacustos da justiça eleitoral. “Estudos que já estão sendo feitos neste sentido não chegam a esse entendimento.” – sentencia.

Primeirão

Dono de uma pequena propriedade em Itapipoca (CE), Nonato Brandão é um dos produtores que já assinaram contrato de financiamento com o BNB, através do Agroamigo Sol, lançado ontem. Com cerca de R$ 4 mil, ele adquirirá equipamento capaz de bombear 18 mil litros d’água para irrigar suas plantações de cheiro verde, alface, pimentão, tomate e cenoura. “As coisas vão melhorar bastante”, afirma, em tom otimista.

Sustentabilidade

Segundo o presidente do BNB, Marcos Holanda, o Agroamigo Sol é alternativa inovadora para melhorar as condições de vida do homem do campo, que alia a eficiência e a preservação do meio ambiente.“Estamos beneficiando um público que dificilmente seria melhor atendido por outras instituições e que terá condições para gerar a sua própria energia. Essa independência energética vai representar um salto na qualidade de vida dos produtores”, disse o presidente.

Vixe!

Fugiram mais quatro dos presídios da Itaitinga. Antes, haviam escapado 47. Só este ano. Epa!

CARLOS-ALBERTO-ALENCAR-TASSO-SERA-ELEITO-PRESIDENTE1