Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Michel Temer sepultou o chamado Refis das Micro e Pequenas empresas defendida pelo setor da economia. O programa permitia o parcelamento das dívidas do segmento com o governo federal. Ao justificar o veto, o presidente declarou que a medida violaria a Lei de Responsabilidade Fiscal, aumentando o déficit do orçamento da União.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, já havia antecipado a decisão, após conversar com Temer. Afif disse que, no entanto o presidente apoia a derrubada de seu veto no Congresso  Nacional.  Com a manobra, Temer se exime de qualquer responsabilidade pelo perdão das dívidas aos microempresários. O programa deve ser aprovado então nos próximos meses em acordo com o Congresso.