Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O novo Terminal da Messejana começou a funcionar na meia-noite deste sábado, 27, com a transferência operacional dos ônibus, que estavam circulando no terminal provisório, para a nova estrutura. As novas paradas foram distribuídas em duas, das três que irão funcionar, já que a plataforma central ainda não foi concluída.

Segundo a secretária da Secretaria de Infraestrutura Municipal (Seinf), Manuela Nogueira, até abril, prazo de conclusão total do equipamento, serão várias entregas diárias para que sejam feitos os ajustes necessários. Em novo formato, a grande diferença, segundo Manuela, foi a mudança de sentido das plataformas.

Para ela, essa mudança de sentido facilita a entrada e a saída dos ônibus com um fluxo melhor, sem ter conflito de uma linha de ônibus para outra, o que, de acordo com Manuela, diminui o tempo de espera, além de tornar o embarque e desembarque mais rápido, pois “um ônibus não tem que esperar o outro”. A secretária explica ainda que melhorar a circulação dos ônibus dentro do equipamento era um dos principais objetivos.

A Central de Distribuição de Medicamentos foi um dos serviços inaugurados no novo terminal, com 84 medicamentos que “nunca vão faltar”, segundo o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. A partir de segunda-feira, os usuários podem pegar medicamentos em qualquer uma das Centrais.

O prefeito ainda que as centrais vão funcionar como uma reserva de segurança dos 84 remédios que o SUS obriga que as prefeituras ofertem. Assim, “se não tiver no posto, a pessoa pode ir buscar [na Central de Medicamentos], por que lá não vai faltar”, garantiu.

Diariamente, 135 mil pessoas utilizam o Terminal, segundo o presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), José do Carmo Gondim. Para ele, a tendência é aumentar devido ao conforto que o equipamento está oferecendo. São 58 linhas com 259 ônibus circulando no local.

Intervenções ao redor do terminal

Com o início da operação do novo Terminal da Messejana, o entorno recebeu alterações na sinalização, novo binário e infraestrutura cicloviária.  O binário implementado abrange as ruas Taquatiara e Manoel Arruda, no trecho da Rua Granja Castelo e BR-116. A partir de agora, os motoristas que passarão pela Rua Taquatiara seguirão, exclusivamente, da Rua Granja Castelo para a BR-116.  Já na Rua Manoel Arruda, o sentido único é inverso, permitindo o tráfego de veículos, apenas, da BR-116 para a rua Granja Castelo.

A Rua Granja Castelo também terá mão única, com sentindo sul-norte, no trecho entre a Avenida Jornalista Tomaz Coelho e rua Taquatiara. A Rua Clara de Assis terá mão única no sentindo inverso, entre as ruas Rua Manoel Arruda e Avenida Jornalista Tomaz Coelho.

Um semáforo foi instalado na Avenida Jornalista Tomaz Coelho, esquina com Rua Santa Clara de Assis, para facilitar o acesso dos ônibus ao terminal. Além disso, a Prefeitura informou que a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) vai implantar cerca de 700 metros de novas ciclofaixas bidirecionais nas ruas Taquatiara e Granja Castelo. A Avenida Jornalista Tomaz Coelho também receberá ciclofaixa.

Com informações do Diário do Nordeste