Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma travesti foi morta na tarde dessa segunda-feira, quando deixava currículo no Sistema Nacional de Empregos/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho, em Itaitinga. Ela era cabeleireira e foi atingida com vários tiros na cabeça e nas costas.
A vítima foi identificada como Jefferson Cauã Holanda Pinheiro. O nome social ainda não foi divulgado segundo o inspetor da Polícia Civil, Fernando. Os criminosos fugiram e ainda não foram identificados. A vítima tinha uma passagem pela Polícia, em 2014, pelo crime de injúria. A motivação do assassinato ainda está sendo investigada.
Em nota, o Sine do Ceará lamentou o ataque no Posto de Atendimento Conveniado de Itaitinga. O atendimento na unidade será retomado na quarta-feira.
“O crime está sendo investigado pelos órgãos de segurança do Governo do Estado”, completa a nota.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp