Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica, presidida pelo juiz Roberto Viana Diniz, realizou, na manhã deste sábado, 27/10, na Sala de Sessões do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, o sorteio das doze urnas que serão auditadas no 2º turno das Eleições 2018. Na ocasião, também foram escolhidos os policiais e servidor para acompanharem a remessa das 4 primeiras urnas sorteadas e foram distribuídas as cédulas de votação a estudantes de uma escola de Fortaleza, com orientações para o preenchimento. Por fim, as cédulas preenchidas foram depositadas nas urnas que foram lacradas.
Confira, em anexo, as 4 zonas e seções sorteadas para a auditoria da votação eletrônica sob condições normais de uso, assim como as 8 zonas e seções sorteadas para a auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas por meio de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas. Os dois procedimentos serão realizados no domingo das eleições, 28/10.
O sorteio foi realizado na presença da procuradora federal, Lívia Maria de Sousa, representando o Ministério Público Eleitoral, agentes da Polícia Federal, representante do Centro Integrado de Operações Aéreas, CIOPAER, e os auditores Marcos Aurélio Trajano e Marco Antônio Pinheiro, da empresa Maciel Assessores SS Ltda, contratada pelo Tribunal Superior Eleitoral para o exame e validação da organização, condução e conclusão dos trabalhos da Comissão de Votação Paralela, referente ao 2º turno das eleições.
O TRE já está providenciando o transporte das 4 urnas, que serão levadas para o Centro Universitário Estácio do Ceará, Unidade Campus (antigo Colégio Cearense), onde no domingo, 28/10, dia das eleições 2º turno, será realizada auditoria da votação eletrônica sob condições normais de uso, de 8 às 17h. Providências também estão sendo tomadas para a realização da auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas no dia da votação por meio de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas. Novidade nestas eleições, o procedimento, em 8 urnas sorteadas, será realizado nas próprias seções eleitorais, antes da votação, e consiste na verificação da autenticidade e integridade dos sistemas das urnas com os sistemas liberados pelo TSE.
O presidente da Comissão de Auditoria do Funcionamento das Urnas Eletrônicas, Roberto Viana Diniz, afirmou que “este trabalho de auditoria é fundamental para tirar qualquer dúvida sobre a segurança das urnas eletrônicas e levar ao cidadão a certeza de que o seu voto registrado na urna expressa fielmente a sua vontade”. O juiz agradeceu a presença de todos, em especial os estudantes que preencherão as cédulas, participando desse momento da democracia brasileira.
Para maiores informações sobre a auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas, o TRE do Ceará disponibilizou, através da Comissão, um site contendo todas as informações sobre o procedimento: o que é a auditoria, em quais etapas será realizada, calendário de atividades, legislação correlata e vídeos de orientação.
Além do juiz Roberto Viana, a comissão é composta por representantes das Secretarias de Gestão de Pessoas; Tecnologia da Informação; Judiciária e Administração, bem como da Corregedoria Regional Eleitoral.
COM TRE/CE
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp