Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Um dia depois de sofrer uma derrota no plenário da Câmara, a base de apoio a Temer refez a votação e, dessa vez, conseguiu aprovar na quarta-feira (19) a aceleração da tramitação da reforma trabalhista. O placar mostrou 287 votos a favor, 30 a mais do que o mínimo necessário, e 144 contra. Na terça-feira, o governo havia sido derrotado nesse mesmo requerimento ao não conseguir os 257 votos necessários.

Sinal amarelo

Apesar da vitória de ontem, a dificuldade do governo de levar adiante um mero requerimento sinaliza grande dúvida sobre a aprovação das alterações na legislação trabalhista e, mais ainda, na reforma da Previdência, que precisa de apoio de no mínimo 60% dos congressistas para ter êxito. Vários partidos governistas registraram traições, na terça e quarta-feira, por contrariedade com a proposta e com insatisfações em relação ao Planalto que nada têm a ver com o tema: ocupação de cargos, liberação de verbas e ou tros pleitos na administração federal.

Sigilo quebrado

A presidente do STF, Cármen Lúcia, decidiu abrir sindicância para apurar a quebra de sigilo das decisões do ministro Edson Fachin sobre as delações de ex-diretores da Odebrecht. Um grupo de trabalho foi instituído e deverá concluir a apuração em 30 dias. Todos os arquivos do processo e as íntegras das decisões de Fachin foram publicadas na semana passada pelo Estadão.

Não é dele

A defesa de Lula apresentou documentos de recuperação judicial da OAS em que a construtora se diz proprietária do famoso tríplex em Guarujá, Condomínio Solaris, no litoral de São Paulo. Os documentos foram protocolados na 13ª Vara de Curitiba, onde o ex-presidente é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Para o Ministério Público, ele se be neficiou de reformas do imóvel feitas pela OAS, cujos recursos teriam origem no esquema de corrupção na Petrobras.

4G no sertão

A deputada Aderlânia Noronha oficializou solicitação às quatro operadoras de celular no Ceará (Oi, Tim, Vivo e Claro) da expansão da cobertura da internet 4G para o Sertão dos Inhamuns, disponibilizando o sinal para os diversos municípios da região. A parlamentar argumenta que a internet permite não apenas a interação social, mas principalmente o acesso a informações, bens culturais, conhecimentos científicos e serviços públicos e privados.

Cidadania

Ela entende que o acesso à rede mundial de computadores “possibilita o exercício de vários direitos humanos fundamentais e passa à condição de elemento central na formação da cidadania do povo.” Acrescenta que a banda larga também “é instrumento que amplifica efetividade e eficiência das políticas públicas para a educação, saúde, segurança pública, defesa nacional, prevenção de catástrofes e demais serviços de governos executados em suas distintas esferas.”

Ele merece

A Câmara Municipal de Fortaleza concederá, nesta quinta-feira, a Medalha Boticário Ferreira, maior comenda da Casa, ao artista plástico e escritor Audifax Rios, in memoriam. Artista com rara habilidade, Audifax traduziu a beleza humana e a vida na palavra e no desenho, fazendo valer a sensibilidade única em favor dos cearenses, em mais de 50 anos de consagrada criação, sobressaindo-se originalidade de estética e temática. A vasta obra compreende as artes gráficas, a literatura, a pesquisa e a difusão da rica cultura cearense.

Grande Chico José

Ícone da reportagem da maior emissora de televisão do país, o repórter Francisco José, cearense do Crato, lança 40 anos no ar, em que reúne histórias sobre sua trajetória no jornalismo e os bastidores de suas melhores reportagens mundo afora. Com vasta experiência na área de esportes – cobriu seis Copas do Mundo e duas Olimpíadas -, se especializou, ao longo dos anos, em temas sociais, ambientais e culturais. Fez mais de duas mil reportagens, produzidas nos cinco continentes, nos sete mares e nas extremidades norte e sul do planeta.

De Recife para o mundo

Humanista e aventureiro levaram Chico José a percorrer o mundo, atrás de boas histórias para contar aos brasileiros. Ao longo de sua vasta carreira, ele foi defensor incansável da causa indígena, desbravou matas virgens, filmou pela primeira vez espécies ameaçadas de extinção e foi um dos responsáveis por revelar Fernando de Noronha, um patrimônio natural da humanidade. Por meio de suas famosas transmissões do carnaval de rua de Recife e Olinda tornou-se um dos maiores divulgadores da cultura pernambucana para o restante do Brasil.

Parcerias público-privadas

O I Fórum BNB de Infraestrutura reuniu, ontem, os principais agentes do mercado e gestores públicos do Nordeste, em Fortaleza. O presidente do banco, Marcos Holanda, apresentou o FNE Infraestrutura – linha de crédito que dispõe, este ano, de R$ 11,4 bilhões para investir em obras estruturantes na Região. Holanda pontuou sobre a importância da linha, voltada para investimentos privados, por meio do financiamento de empresas engajadas em parcerias público-privadas (PPPs) e concessões. A previsão é que R$ 2 bilhões sejam investidos no Ceará. Esse valor, entretanto, não é limitador. Os recursos podem ser redirecionados para atender à demanda do Estado, caso haja demanda.