A Justiça do Trabalho confirmou na tarde desta segunda-feira, 14, a realização das eleições da diretoria da Federação do Comércio do Estado do Ceará. O juiz do Trabalho Francisco Gerardo de Souza Júnior, que havia concedido liminar suspendendo o processo eleitoral, decidiu revogá-la, acatando pedido da instituição, que comprovou a não existência de irregularidades no processo eleitoral vigente.

Segundo a decisão, não há nos autos prova robusta da probabilidade do direito dos promoventes, já que, como foi confessado pelos próprios sindicatos demandantes, o processo eleitoral tem tramitado de acordo com os moldes previstos no estatuto social. Desta forma, considerou a impossibilidade de manter a tutela de urgência anteriormente concedida.

A diretoria da Fecomércio sempre teve ciência da lisura no processo eleitoral e acreditava que a eleição seria confirmada. O processo eleitoral segue agora os trâmites legais, com eleição marcada para o próximo dia 05 de abril.

Confira a decisão na íntegra:

(*) com informações da Fecomércio-CE