Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (8) pelo Instituto Datafolha, um terço dos brasileiros diz ter ao menos um parente, amigo ou conhecido próximo que foi vítima de homicídio ou latrocínio. A pesquisa mostra ainda que 78% das pessoas entrevistadas creem que quanto mais armas em circulação, mais mortes haverá no Brasil. Esta informação deixa evidente que a maioria da população vê a necessidade do controle de armas como uma maneira de reduzir a violência no país.

Ainda de acordo com a pesquisa, 12% dos entrevistados (cerca de 16 milhões de pessoas) perderam um parente ou amigo morto por policial ou guarda municipal, atingindo os 17% dos brasileiros entre 16 e 24 anos.

O levantamento mostra também que 12% das pessoas entrevistadas já sofreram ameaça de homicídio, 8% foram feridas por faca ou outra arma que não de fogo e 4% foram feridas por arma de fogo. Além disso, 17% afirmam ter algum parente, conhecido ou amigo que está desaparecido.

Para 94% dos participantes, o nível de homicídios é muito alto no Brasil. Para 96% deles, a redução da violência não está nas mãos apenas das polícias, mas poderia ser reduzida com a união das diversas esferas do governo.