Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

“Uma situação considerada privilegiada em meio às dificuldades enfrentadas pela maioria dos demais estados brasileiros”, é o que diz o jornalista Luzenor de Oliveira sobre a situação atual dos servidores públicos cearenses que, segundo o Governador do Estado, Camilo Santana, receberam a 2ª parcela do 13º salário no dia 20 desde mês.

+ Ceará paga benefício e entra na contramão: com cofres vazios, Estados querem dinheiro para o 13º salário

Durante o Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral desta segunda-feira (9), os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida debateram sobre a situação de crise financeira que vários estado do Brasil enfrentam e que tem consequências diretas no pagamento dos servidores públicos.

Diante da crise financeira, governadores se reuniram em um Fórum Nacional de Governadores para pedir, por meio de carta ao presidente Jair Bolsonaro, o recebimento antecipado de R$ 5,3 bilhões, com o desejo de usar o valor para o pagamento do 13º salário dos servidores. O montante é referente ao chamado bônus de assinatura pelo megaleilão do pré-sal realizado no início de novembro.

Beto comenta que o Ceará apresenta uma situação positiva em relação aos demais estados da nação. O jornalista explica que a decisão do Fórum de Governadores surgiu da iniciativa do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), coordenador do fórum.

Beto ainda ressalta que o grande dilema dos governadores é em relação a data para o recebimento dos recursos, tendo em vista que a data limite para que os estado recebam o montante é dia 27 de dezembro, mas a data para o pagamento do 13º salário é até dia 20 do mesmo mês.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp