Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), através do Núcleo de Controle de Vetores, realiza no Dia Mundial da Saúde, sexta-feira (7), mobilização e sensibilização da comunidade universitária da Universidade Estadual do Ceará (Uece), no Campus do Itaperi, a partir das 9 horas, para alertar alunos, funcionários, professores e o público em geral sobre a importância da participação de todos no combate ao mosquito Aedes aegypti para o controle de arboviroses, como dengue, chikungunya e zika.
Neste sábado, acontecerá a implantação da brigada de combate ao mosquito no Liceu Estadual de Maracanaú, a partir das 10 horas. No domingo, a partir das 8 horas, o Nuvet participará das atividades alusivas ao Dia Mundial da Saúde que a Sesa realizará no Parque do Cocó, mobilizando a comunidade para o combate ao mosquito, com distribuição de material educativo e exposição do ciclo do Aedes aegypti.
O Governo do Ceará faz mobilização permanente no combate ao mosquito Aedes aegypti. Diversas ações foram implantadas, entre elas a criação do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Zika e Chikungunya, em 2015, pelo governador Camilo Santana. O Ceará foi pioneiro na criação de brigadas estaduais contra o mosquito em prédios públicos com vistoria a cada sete dias.
Estado de alerta 
“Precisamos estar alertas o ano todo, principalmente nesse período de chuvas, para eliminar possíveis criadouros e focos em nossas casas e em nossos ambientes de trabalho, escolas, bairros e vizinhança. Não podemos deixar o mosquito nascer”, alerta o coordenador do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Zika e Chikungunya, Caio Cavalcanti.
O Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Zika e Chikungunya fará blitze em outros 21 pontos e cruzamentos na Capital, com orientações e distribuição de materiais educativos, entre as 8 e 18 horas, nesta sexta, dia 7. As ações terão continuidade nas próximas semanas com blitz no interior do Estado do Ceará promovidas pela Companhia de Água e Esgoto (Cagece).

No dia 22 abril, haverá uma grande blitz na rotatória do Cambeba, organizada pelas secretarias estaduais do Centro Administrativo, como a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), Secretaria das Cidades, Secretaria do Planejamento e Gestão (SEPLAG), Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH) e Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh).
Cuidados contra o mosquito
É preciso redobrar os cuidados e não deixar o mosquito nascer. Manter a caixa d’água limpa, vedada e bem tampada, não acumular entulhos na rua, limpar as calhas, colocar lixo em sacos e tampar e vedar todo e qualquer recipiente que pode acumular água, como potes, pneus e barris, são algumas das principais ações para evitar focos do Aedes aegypti.
A mobilização e participação da população é de fundamental importância na prevenção e controle do Aedes aegypti. Os municípios são responsáveis pelo planejamento e pelas ações de combate ao mosquito, como por exemplo, as visitas de casa em casa, feita pelos agentes de endemias, e a pulverização de inseticidas. Mas cada cidadão também é corresponsável e precisa fazer vistorias periódicas em seus imóveis para evitar focos do mosquito.
Casos no Ceará
De acordo com a atualização semanal das doenças de notificação compulsória, até a semana epidemiológica 13, o Ceará registrou este ano 2.926 casos de dengue, 29 de zika e 2.677 de chikungunya, com um óbito.

Fonte: Secretaria de Saúde do Estado