Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A idade mínima proposta pelo governo na reforma da Previdência, de 62 anos para as mulheres, e de 65, para os homens, não começará a valer imediatamente.

Por enquanto, nada muda nas aposentadorias, pois o governo precisa conseguir aprovar o projeto na Câmara e no Senado.

Pelo texto apresentado por Temer a parlamentares anteontem, essa idade crescerá a cada dois anos, em uma tabela progressiva, até chegar ao limite em 2038, para os homens, e em 2036, para as mulheres, no caso dos trabalhadores da iniciativa privada.

Crédito do UOL