Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O vereador Benigno Júnior defendeu o retorno das atividades dos músicos da capital durante pronunciamento na última quarta-feira (02), na sessão na Câmara de Vereadores de Fortaleza.

“Hoje, restaurantes abertos, as barracas de praia funcionando e os estabelecimentos comerciais já sendo frequentados pela população, enquanto os músicos estão sem poder trabalhar”, comenta. De acordo com o presidente da Ordem dos Músicos do Brasil- Secção Ceará, José Ferreira Filho (Ferreirinha), existem atualmente cerca de 12 mil músicos no Estado, dos quais aproximadamente seis mil estão em Fortaleza.

Para Benigno, não há mais justificativa para a proibição dos músicos voltarem a trabalhar.

“Não entendo qual a diferença de um restaurante ou uma barraca de praia está funcionando sem uma voz e violão, sem um teclado ou sem um pequeno grupo de MPB se apresentando?”, questiona. O parlamentar faz um apelo ao Governo e à Prefeitura de Fortaleza para que vejam o lado dos músicos que estão sofrendo bastante durante a pandemia, porque perderam a fonte de renda.

Segundo Benigno Júnior, muitos músicos estão passando necessidades e sobrevivendo de doações de amigos e familiares, enquanto alguns estão vendendo seus instrumentos para pagar as contas durante a pandemia. Benigno deixa claro que não defende a realização de grandes eventos durante a pandemia, como shows com bilheteria.

“Não queremos aglomerações e sim apenas que os músicos possam voltar a trabalhar, até porque a música tem o poder de aliviar as tensões e levantar o estado de espírito”, conclui.

Em tempo: Hoje pela manhã os músicos estão, vestidos de preto, realizando um grande protesto em frente à sede da Prefeitura de Fortaleza pelo retorno de suas atividades.

(*)com informação da A.I

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp