Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Há seis meses, a população do Cariri aguarda pela volta do Veículo Leve sobre Trilhos. O serviço precisou ser suspenso para que fossem construídos dois viadutos sobre a avenida do Contorno, por onde ele passa. O prazo inicial da obra era de 60 dias. Desde então, quem utilizava o VLT tem que pagar mais caro no ônibus ou nas vans do transporte alternativo.

A obra foi concluída, ainda assim, o serviço continua parado. Outra reclamação dos passageiros é que muitos destinos não são contemplados pelo VLT. O serviço custa R$ 1, mas nem todos tem acesso às estações.

De acordo com a direção do metrô do Cariri, as intervenções feitas na linha férrea e a nova avenida construída são indispensáveis para a segurança de pedestres, motoristas e usuários do transporte. A previsão é que, no prazo de 30 dias, o VLT volte a operar.