Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As chuvas deste ano no Ceará registraram volume superior ao observado normalmente. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), choveu 19,7% acima do normal. Conforme o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e o Departamento Estadual de Rodovias (DER), seis vias federais e cinco estaduais foram afetadas pelas precipitações e estão danificadas.

Dentre as estradas estaduais, os trechos danificados precisaram ter o fluxo interrompido, como a CE-167, em Icaraizinho de Amontada; a CE-178 entre Santana do Acaraú e Sobral; e a CE-163, que dá acesso à Praia de Mundaú.

A superintendente regional do Dnit, Líris Silveira Campelo Carneiro, afirmou que essas são as BRs que mais foram afetadas por chuvas e sobrecargas dos caminhões. Ainda de acordo com a superintendente, o órgão está concluindo licitações para contratos novos de manutenção para tapar os buracos, mas os serviços só podem ser realizados com a paralisação das chuvas. Já o Departamento Estadual, em nota, informa que todos os trechos danificados estão identificados e estão sendo recuperados.