Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A segunda reunião da Comissão dos três poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, que trata da crise gerada pela paralisação de parte dos policiais militares e bombeiros foi realizada nesta quinta-feira (27). No encontro, foram apresentadas as pautas de reivindicações e os termos para tentar solucionar a paralisação.
Participaram da reunião o procurador-geral de Justiça, Manuel Pinheiro, o deputado estadual Evandro Leitão, representante do Legislativo, o desembargador Teodoro Silva Santos, representante do Judiciário, o procurador-geral do Estado, representante do poder Executivo, e o representante dos militares, Walmir Pereira. O presidente da Ordem dos Advogados do Ceará (OAB-CE) , Erinaldo Dantas, e os coronéis do Exército Marcos Cesário e Menezes Neto, também participaram como observadores.
Ao final do encontro, o procurador-geral de Justiça, Manuel Pinheiro, concedeu uma entrevista à imprensa afirmando que o encontro foi muito proveitoso mas não poderia antecipar os termos discutidos, para preservar a negociação. O representante dos militares se dirigiu ao quartel do 18º batalhão da PM para apresentar aos manifestantes as propostas discutidas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp