Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A semana termina com as regras definidas para a abertura da discussão da reforma previdenciária. O debate sobre as mudanças nas normas para concessão de aposentadorias e pensões começa pela Comissão  Especial instalada, nessa quinta-feira, na Câmara Federal. O caminho para a implantação de novos critérios para os brasileiros se aposentarem pode, como deseja o Governo Federal, ser estreito e curto. A oposição quer ampliar o debate e frear a pressa do Palácio do Planalto. São muitos pontos de conflitos na proposta enviada para apreciação dos deputados federais e senadores. A idade mínina de 65 anos para homens e milhares darem entrada no pedido de aposentaria é um dos pontos mais polêmicos e que geram mais protestos das centrais sindicais. As restrições para a concessão das pensões também despertam a antipatia de sindicatos. Os deputados federais entraram em uma fase de aquecimento para abrir o debate sobre as mudanças na previdência social, terão a próxima semana para acelerar a análise do projeto, o recebimento das primeiras emendas e, em seguida, entram no ritmo de carnaval. E, nesse debate da reforma previdenciária, o bicho prega pra valer a partir do mês de março. Mas desde já você precisa ficar atento para saber quais são as regras que podem marcar o seu destino como beneficiário da Previdenciária Social. Confira o editorial completo no player abaixo:

EDITORIAL 10.02