Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A esperteza política com caminho curto: prefeito de Eusébio perde mais um aliado – Informações de Sátiro Sales

O prefeito do município de Eusébio, Acilon Gonçalves, sofreu, nessa terça-feira (19), mais um golpe nas articulações para fortalecer o PR e sonhar com uma candidatura ao Governo do Estado ou ao Senado em 2022. O deputado estadual Nizo Costa, eleito, em 2018, pelo Patriota, decidiu abandonar o grupo político liderado por Acilon e, com as bênçãos do Governador Camilo Santana, se filiou ao PSB.

Coube ao deputado federal Denis Bezerra, do PSB, fazer a interlocução para a mudança de partido de Nizo Costa. 

Acilon sempre falava que jamais acreditaria na saída de Nizo do seu guarda-chuva político. O mesmo discurso Acilon adotou, também, com o deputado eleito para o primeiro mandato Apóstolo Luiz Henrique que, no início da atual legislatura, recusou o convite do então chefe político para se filiar ao PR e, ao sair do Patriota, desembarcou no PP. 

O prefeito do Eusébio comemorou, em 2018, a ampliação do seu grupo político, elegendo Luiz Henrique e Nizo Costa e reelegendo o filho Bruno Gonçalves, e o deputado federal Mano Júnior. Como o Patriota estava ameaçado de extinção por não alcançar a cláusula de barreira, Acilon migrou, no início deste ano, para o PR e perdeu os aliados Luiz Henrique e Nizo Costa. 

Com apenas um aliado na Assembleia Legislativa, o filho Bruno Gonçalves, Acilon trabalha para ampliar as bases do PR nas eleições de 2020 e, quanto ao projeto para ser governador ou senador em 2022, tudo, por, enquanto, é sonho. Talvez, como dizem os seus adversários no Eusébio, sonho de verão! 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp