Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A quantidade de cédulas falsificadas apreendidas pelo Banco Central no Ceará caiu 28,3% nos primeiros seis meses deste ano em comparação a igual período do ano passado.

De acordo com dados da instituição, foram 3.267 notas falsificadas retiradas de circulação no primeiro semestre do ano – frente ao total de 4.559 cédulas apreendidas em igual período do ano passado. Ainda assim, o resultado foi 23% superior ao do primeiro semestre de 2017, quando 2.649 notas falsas foram identificadas.

A estatística, porém, não representa uma diminuição nas tentativas de fraudar o sistema financeiro ou uma redução de eficiência na fiscalização. Segundo o coordenador do Departamento do Meio Circulante do Banco Central em Fortaleza, Raimundo Augusto Fernandes Filho, o número é considerado normal para o período, permanecendo no mesmo patamar que nos primeiros semestres de 2018 e 2017, apesar das oscilações observadas no período apresentado. Em relação a todo o ano passado, foram recolhidas neste ano 28,59% do total apreendido em 2018.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp