Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: reprodução.

Um projeto de autoria do prefeito Roberto Cláudio foi aprovado por vereadores da Câmara Municipal de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (16). O projeto cria 142 cargos comissionados para as áreas da educação e saúde. Foram 25 votos favoráveis e somente dois contrários, dos vereadores Sargento Reginauro e Márcio Martins, ambos do PROS.

O Governo explica que com a criação de novos equipamentos públicos na área da educação, a reorganização do sistema de saúde mental e com a alteração dos limites entre Fortaleza e Maracanaú, surgiu a necessidade de ajustar o quadro de gestores da Prefeitura para trazer o funcionamento desses equipamentos. Dos 142 cargos comissionados, 126 são para a Secretaria de Educação e 16 para a Secretaria Municipal de Saúde. O impacto financeiro, de acordo com a mensagem, é de mais de R$ 400 mil por mês, aproximadamente R$ 4,8 milhões por ano.

Entre os novos cargos criados para a educação, 26 são para diretor de escola, 26 para secretário escolar, 29 para coordenador pedagógico de ensino fundamental, 18 de coordenador administrativo-financeiro de escola em tempo integral e 27 cargos de coordenador pedagógico de educação infantil. Na área da saúde, a Prefeitura criará 16 cargos, sendo 15 para gestor dos centros de atenção psicossocial e um para gestor de unidade de acolhimento.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp