Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) no Ceará, Líris Campelo, em entrevista, nesta quarta-feira (17), ao Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior + Internet), disse que não quer que a BR 116, entre os Km Zero e 10, seja transformada em uma nova Bezerra de Menezes, de onde criticou o trânsito travado e engarrafamento constante.

Líris fez a afirmativa ao ser questionada pelo jornalista Beto Almeida sobre a municipalização de um trecho da BR 116, obra solicitada pela Prefeitura de Fortaleza para implantação do BRT Messejana-Centro – um corredor expresso que faz parte do projeto de mobilidade urbana do Município.

A superintendente do DNIT disse, ainda, que tem restrições técnicas ao pedido da Prefeitura porque a intervenção, a exemplo do que foi feito na Avenida Bezerra de Menezes, pode piorar a situação no local. Ela ressaltou, no entanto, que a municipalização desse trecho não é inviável e anunciou que apresentará sugestões à Prefeitura para mudar o projeto e adequá-lo às condições de tráfego.

Obras nas BRs

Entrevista de Líris Campelo no Jornal Alerta Geral (Foto: Redação)

Durante a entrevista ao Jornal Alerta Geral, Líris Campelo fez um balanço das ações para recuperação das BRs após o período chuvoso, destacou que, em alguns trechos, as obras serão mais demoradas e anunciou que estão sendo realizados estudos para duplicação da BR 116, entre Pacajus e Distrito do Boqueirão do Cesário, em Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Acompanhe a íntegra da entrevista com a superintendente do DNIT no Ceará, Líris Campelo, ao Jornal Alerta Geral:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp