Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma estimativa do Instituto Nacional de Câncer mostra que o Brasil deve registrar cerca de 625 mil novos casos de câncer por ano de 2020 a 2022. Só entre a população infantojuvenil são esperados 8.460 novos casos por ano.

O estudo mostra que o câncer de pele não melanoma deve ser o mais incidente, com a expectativa de 177 mil novos casos por ano. Em seguida, está com o câncer de mama próstata, com 66 mil casos cada; cólon e reto, com 41 mil casos; traquéia, brônquio e pulmão, com 30 mil; e, estômago, com 21 mil.

O número de casos de câncer em crianças e adolescentes no Ceará foi o maior das regiões Norte e Nordeste, de acordo com levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria com base em dados do Sistema Único de Saúde (SUS) registrados entre 2013 e 2019. Nesse período, o Estado acumulou 2.494 ocorrências, uma média de quase um caso por dia.

Cuidados básicos e hábito alimentares podem ajudar a evitar a doença. Um a cada três casos de câncer poderiam, segundo o Inca, ser evitados pela redução ou eliminação de fatores de risco, como, por exemplo, tabagismo e obesidade. Atividades físicas, cuidados com a exposição ao sol e alimentação saudável com frutas, vegetais e hortaliças frescos, evitando alimentos ultraprocessados, também podem ajudar a evitar o câncer.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp