Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza Salmito Filho (PDT) apresentou, nesta semana, aos lideres partidários da Casa, o projeto “Parlamento Metropolitano”, que tem o objetivo de promover a integração entre os Legislativos da Região Metropolitana.

Ao explanar sobre o projeto do Parlamento Metropolitano, o presidente Salmito Filho, destacou a Lei n° 13.089/2015 que instituiu o Estatuto da Metrópole, dispondo sobre diretrizes para uma integração entre os municípios da Região Metropolitana no planejamento, gestão e execução de funções públicas de interesse comum. Salmito Filho falou sobre a relação socioeconômica de Fortaleza e a Região Metropolitana, atentando para as questões do turismo, geração de emprego e moradia.

“A Mesa Diretora e o Colégio de líderes discutiu a realidade da população da Região Metropolitana. Muitos cidadãos que trabalham em São Gonçalo do Amarante, na Companhia Siderúrgica do Pecém moram em Fortaleza. Outros moram no Eusébio. Então a realidade social e econômica já se impõe para além dos limites dos Municípios”, ponderou Salmito Filho.

Outra questão apontada pelo presidente Salmito Filho foi a captação de recursos internacionais para os Municípios da Região Metropolitana, sempre frisando a independência das unidades federativas e da participação de todos os vereadores na construção do Parlamento Metropolitano. “Nós, vereadores de Fortaleza, queremos dialogar e convidar os vereadores das outras Câmaras Municipais da Região Metropolitana. Queremos diante dessa realidade construir uma agenda propositiva que é comum a Região Metropolitana e para além dessa agenda de um planejamento, queremos estabelecer relações e articulações institucionais”, destacou.

O projeto foi recebido pelos parlamentares com entusiasmo, que ressaltaram a importância de um trabalho conjunto no desenvolvimento econômico e social da população fortalezense e dos moradores da Região Metropolitana. O vereador Márcio Martins (PR) evidenciou o espírito vanguardista da iniciativa do presidente Salmito Filho, elencando como ponto principal o desenvolvimento dos municípios da Região Metropolitana. “Uma ação muito importante de interlocução institucional e política entre Fortaleza e os municípios da Região Metropolitana. Fortaleza parte na frente, como sempre vem na vanguarda em diversas outras atividades. A Câmara Municipal uma das mais transparentes do Brasil e acho que essa é a imagem do modelo de gestão do nosso presidente Salmito Filho. Uma gestão republicana e que busca o reforço com os municípios vizinhos”, apontou Márcio Martins.

“Nós temos a possibilidade, reconhecendo a necessidade dessa ligação e intercomunicação entre a Região Metropolitana de Fortaleza, fazer com que projetos sejam alcançados e executados de acordo com os interesses de toda a Região Metropolitana. Então certamente Fortaleza vai ter um papel de protagonismo mas ao mesmo tempo de parceria com as outras cidades”, salientou o vereador Célio Studart (SD).

O lançamento do projeto está previsto para o final de novembro, composto por uma série de trabalhos externos, como visitas a Região Metropolitana. Dentre os locais a serem visitados está a Siderúrgica do Pecém no município de São Gonçalo do Amarante.

Com informações da Agência CMFor