Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Brasil registrou nos últimos 90 dias, 2.753 casos confirmados de sarampo em 13 estados brasileiros. O aumento de 18% se deve a confirmação clínica de casos que estavam em investigação anteriormente. De acordo com o novo boletim epidemiológico da doença, entre 09 de junho a 31 de agosto de 2019, o Brasil notificou 20.292 casos, sendo 15.430 em investigação e 2.109 descartados. O levantamento divulgado, nesta quarta-feira (4), pelo Ministério da Saúde, apontou também quatro óbitos em decorrência da doença: três mortes no estado de São Paulo (duas crianças e 1 adulto); e uma no estado de Pernambuco (uma criança). Em nenhum dos quatro casos foi comprovada a imunização contra o sarampo.

Na rotina do Sistema Único de Saúde (SUS) a tríplice viral está disponível em todos os mais de 36 mil postos de vacinação em todo o Brasil. A vacina previne também contra rubéola e caxumba. Neste ano, o Ministério, já enviou para os estados 19,4 milhões de doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola.

Casos no Ceará

O Estado tem cerca de 20 casos suspeitos de sarampo em investigação, de acordo com  a epidemiologista da Sesa, Daniele Queiroz. Embora o último boletim oficial da secretaria, divulgado em 26 de agosto, mostre apenas 9 casos suspeitos.

Sintomas

Os principais sintomas do vírus são febre, conjuntivite, coriza, tosse e manchas vermelhas. A doença é considerada “altamente contagiosa”, podendo ser transmitida pelo ar, por secreções respiratórias ou da boca e gotículas produzidas em tosse ou espirro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp