Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Entre 1999 e 2018, o estado do Ceará registrou 6.667 casos de hepatite A. Os dados, divulgados pelo Ministério da Saúde, colocam  o Estado como o quarto do Nordeste com maior número de ocorrências da doença.

O número de casos de hepatite A foi diminuindo até 2011 quando foram registrados 164 casos, totalizando uma diminuição de 83,95% em comparação a 2007, porém, a partir daí até 2013 contabilizou-se um aumento de 37,19% em todo o Estado.

Uma diminuição foi observada, porém, entre 2007 e 2018, período em que os casos confirmados da doença foram reduzidos em 97,45%. Assim como o tipo E, a hepatite A é transmitida pelo contágio oral-fecal, devido às condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos.

No dia 28 de julho é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais. De acordo com o Ministério da Saúde, atualmente, mais de 500 mil pessoas convivem com a doença e ainda não sabem, já que a hepatite é silenciosa e geralmente não apresenta sintomas. Desde janeiro deste ano, foram enviados para todos os estados 24 mil tratamentos completos para hepatite e a expectativa é que cerca de 50 mil pessoas com infecção sejam tratadas pelo Sistema Único de Saúde ainda neste ano.