Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ex-governador Cid Gomes (PDT), que estava mergulhado e distante do debate político, voltou a colocar a cabeça de fora e, dessa vez, para repetir críticas ao Governo do presidente Federal. Cid classifica as propostas de reforma trabalhista e previdenciária como verdadeiro engodo, bate no retrocesso econômico do País e aponta como uma das saídas para o Brasil retomar o caminho do desenvolvimento: a eleição do irmão, Ciro, para presidente da República. Cid o tem como o mais preparado entre os nomes que aparecem no cenário político e pré-eleitoral nacional. Ciro já está na condição de pré-candidato ao Palácio do Planalto, enquanto Cid….oscila entre concorrer ao Senado ou voltar ao Governo do Estado. O jornalista Carlos Alberto Alencar, em sua Coluna Política & amp; Economia, tem outras histórias e estórias da nossa política e dos rumos econômicos do Ceará, passando, especialmente, pelo Pecém.

 

É comigo?

 

“O Brasil vive um momento de grande frustração, porque hoje a nossa economia é equivalente a economia de sete anos atrás. O País é como tivesse regredido três anos no tempo em função de 2015 e 2016 que teve queda no PIB acima de três ou quase quatro por cento.” Ninguém sabe ao certo se é uma crítica ao atual governo ou uma autocrítica a avaliação do ex-governador e ex-ministro Cid Gomes.

 

Sobrou para o Michelzinho?

 

Agora sim, mais especificamente e citando nome do presidente Temer, Cid diz que as reformas propostas pelo governo, como trabalhista e previdenciária, “são coisa só para inglês ver, porque é só engodo. Michel Temer é um grande engodo, porque ele se ancora numa base extremamente fisiológica para a sua sobrevivência, favorecendo a prática do clientelismo e também do paternalismo’’, ataca o ex-governador.

 

É o cara 

Falando sobre o irmão Ciro Gomes, Cid garante que ele é capaz de mudar no que está errado no País. “O nosso partido está apostando na candidatura do Ciro e acho que ele é capaz de promover um profundo debate no País. Os demais pré-candidatos que estão aí (não falou os nomes) nenhum calça o sapato do Ciro em matéria de conhecer o Brasil e ter experiência e poder de inovação’’, assegura.

 

Bom e barato

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará alcançou, em 2016, o 7º lugar no ranking nacional do custo do voto por eleitor, atingindo o valor de R$ 3,27. Essa foi a melhor colocação do Tribunal, que vem decrescendo desde as eleições de 2012, mantendo-se sempre abaixo da média nacional, que, nas eleições de 2016, ficou em R$ 3,52. São Paulo foi o campeão, seguido por Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Rio de Janeiro e Goiás.A estimativa de custo do voto por eleitor é um indicativo diretamente relacionado à austeridade orçamentária. Assim, quanto maior o planejamento do processo eleitoral, com corte de despesas, mais barata será a eleição.

 

Todo mundo lá

O ex-ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, assume vaga de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira (22). O Senado aprovou seu nome para o cargo há um mês. O novo ministro ingressa na Corte em momento tenso. Na última semana, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF 83 pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos citados nas delações de ex-executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato.Diversos nomes que aparecem na lista de Janot devem comparecer à cerimônia de posse de Moraes, incluindo os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

 

Nã, nã, ni, nã, não…

Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Diretoria do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Ceará que não prorrogue contrato de serviços de assessoria jurídica   com a Sociedade de Advogados Cid Marconi Advocacia S/S. Firmado no ano passado e, com validade até maio de 2017, o contrato apresenta uma série de irregularidades. O MPF apurou que o Sebrae não realizou licitação para contratar a empresa, alegando inviabilidade de competição, por se tratar de um serviço a ser executado por uma empresa ou profissional de notória especialização. O procurador da República Francisco de Araújo Macedo Filho, titular do procedimento que apura o caso, considera que não ficou comprovada a singularidade do serviço contratado, que inclui atividades rotineiras da instituição.

 

Tomou gosto

A Polícia Civil parece que pegou gosto pela imprensa. Contrariando o comportamento de gestões anteriores, que queriam distância dos jornalistas, todo dia a Civil convoca uma entrevista coletiva, na grande maioria das vezes para abordar eventos banais da rotina da segurança pública. Por exemplo, a coletiva de ontem foi para divulgar a prisão de um homem suspeito do homicídio do cabo PM Luís Carlos Ribeiro de Araújo. Logo em seguida, em outra entrevista, a DHPP deu informações sobre a apreensão de um adolescente envolvido no esfaqueamento de três crianças, em Uruburetama, e as prisões de do is homens suspeitos de uma tentativa de homicídio contra uma travesti, em Morrinhos. É muita entrevista para falar sobre nada.

Pecém-Roterdã

Em sua primeira agenda na Holanda, o governador Camilo Santana reuniu-se na segunda-feira (20) com o prefeito de Roterdã, Ahmed Aboutaleb. Em discussão, a futura parceria do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) com o Porto de Roterdã, que é um dos principais portos do mundo em movimentação de cargas, e que ajudará na captação de novos investidores para o Ceará.”Tivemos uma reunião muito proveitosa com o prefeito. Apresentamos o Ceará e ratificamos nosso interesse de fecharmos a parceria do CIPP com o Porto de Roterdã. Com a credibilidade, o network e a expertise do porto holandês, teremos mais possibilidades para atrair novas empresas para o Ceará. Aproveitei para convidar o prefeito a conhecer o nosso estado”, citou o governador Camilo Santana. A Pref eitura de Roterdã detém 70% do controle do porto – os outros 30% são do governo holandês.

Pecém-Roterdã 2

Uma comitiva da FIEC, liderada pelo presidente Beto Studart, participa da missão cearense à Holanda, onde será celebrado um memorando de entendimento do Governo do Estado, através da Cearáportos, com a autoridade portuária de Roterdã, marcada para esta quarta-feira (22). A cerimônia será realizada na sede do porto holandês, um dos principais equipamentos do mundo e que movimenta quase 500 milhões de toneladas por ano. A partir de memorando, o governo e o porto holandês realizarão estudos, discussões e negociações para desenvolver uma estrutura no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), que possa gerar ainda mais sinergia, aumentando sua eficiência operacional e econômica.

Alô, turma das verdinhas

Quem investe no exterior deve prestar atenção à entrega da declaração anual de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE) ao Banco Central. Indivíduos ou empresas residentes no Brasil que no dia 31 de dezembro de 2016 tinham, no mínimo, o equivalente a 100 mil dólares em investimentos fora do país precisam informar os ativos à instituição financeira até as 18h do dia 5 de abril de 2017.

 

Aposta

A concessão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, para um grupo alemão, gera uma expectativa muito grande de desenvolvimento para todo o Ceará, aposta o diretor de Novos Negócios do Grupo Jota Macedo, Daniel Lustosa, que viajou a São Paulo onde foi tratar de negócios da sua área. O executivo acredita que grupo que vai controlar o Pinto Martinsdeverá ampliar o aeroporto, para atender à demanda crescente do turismo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp