Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Mesmo esvaziado por conta do recesso, a confirmação da morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki deixou um clima de consternação nos corredores da Corte.

Na portaria, secretárias regiam incrédulas às primeiras fotos do avião que caiu no mar em Paraty. Funcionários acompanhavam atentos pelos televisores espalhados pelo STF novas informações sobre a tragédia.

No gabinete do ministro, no terceiro andar do prédio anexo ao principal, viu-se um entre e sai de assessores e servidores, muitos com cara de choro. A música ambiente no corredor, uma triste sinfonia de Bach, completou o cenário de desolação na Corte.

fonte: Estadão Conteudo