Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de assinatura de acordo com os EUA para participar do Programa Lunar Nasa Artemis.

Após os conflitos com o STF e, ao mesmo tempo, o aceno de harmonia com os Poderes, o presidente Jair Bolsonaro volta a agenda para uma das suas principais bases políticas – a área da segurança pública e, nesta segunda-feira, lança, às 16 horas, o Programa Nacional de Habitação para a Segurança Pública, denominado de Habite Seguro.

O Governo, como antecipou, no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 20 emissoras _ redes sociais do Ceará Agora), o repórter Sátiro Salles, quer viabilizar a linha de crédito a partir do mês de novembro. O assunto ganha destaque no comentário do jornalista Beto Almeida, dentro do Bate Papo Político.

O programa,  destinado a policiais militares, rodoviários, bombeiros e guardas municipais,  vai permitir o financiamento de imóveis de até R$ 300 mil (novos, usados ou construção individual) e terá condições especiais e subsídios.  A meta é atender profissionais com renda de até R$ 7 mil – em um modelo semelhante ao programa Casa Verde e Amarela. Neste caso, as taxas de juros variam entre 4,25% e 8,16% ao ano.

De acordo com o projeto, o Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) bancará desconto de R$ 12 mil por tomador e gratuidade de crédito que, em geral, custa R$ 2,1 mil da tarifa de abertura do crédito imobiliário. O Fundo, que é ligado ao Ministério da Justiça,  é abastecido com verba das loterias e terá, a princípio, R$ 100 milhões para viabilização do Habite Seguro.

O programa será operado pela Caixa Econômica Federal e poderá ser acoplado no programa Casa Verde e Amarela, que também concede subsídios do FGTS. Os R$ 100 milhões iniciais do Habite Seguro são apenas uma parte dos recursos do programa.

As informações dos bastidores políticos apontam que o restante do valor do imóvel poderá ser financiado em até 100% pela Caixa Econômica Federal, dentro das linhas já oferecidas pela instituição, com recursos do FGTS e da poupança e prazo de pagamento de até 35 anos.

Com essa modalidade de financiamento, o profissional de segurança poderá ser beneficiado em duas vertentes:  dependendo da renda: o desconto a fundo perdido no valor do imóvel poderá chegar a R$ 24 mil, disse uma fonte a par das discussões.

A solenidade e lançamento do Programa ‘Habite Seguro’, a ser comandada pelo presidente Jair Bolsonaro, terá participação dos Ministros  do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho,   da Economia, Paulo Guedes, e do presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

Serviço:
Data: 13 de setembro, segunda-feira
Horário: 16h30
Local: Palácio do Planalto, Salão Nobre (2º andar)
O evento será transmitido, ao vivo, pela EBC e pelas redes sociais do Planalto.

(*) Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp