Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O aumento de casos do novo coronavírus no Estado levou o Ceará a quase 90% de ocupação dos leitos de UTI, informou o titular da Secretaria da Saúde, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto.

A demora das pessoas em procurar o atendimento médico é um dos fatores para a saturação da rede de atenção intensiva, já que os pacientes acabam chegando às unidades necessitando de urgência na internação. Novos 160 leitos foram implantados no Estado nas últimas três semanas, e a previsão é garantir 690 leitos de terapia intensiva extra, afirmou o secretário. 

A medida de isolamento social no Ceará antes do registro de pico da Covid-19 foi o principal fator para evitar o esgotamento de leitos no Estado, avaliou Dr. Cabeto. O decreto para o fechamento do comércio e, portanto, para o distanciamento das pessoas, evitando a proliferação do novo coronavírus, deve ser prorrogado mais uma vez, adiantou o secretário.  

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp