Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nessa quarta-feira, 14, acreditar que o Congresso Nacional aprovará uma pauta econômica considerada prioritária pelo governo do presidente Michel Temer, apesar de os parlamentares estarem concentrados neste momento em assunto relacionadas à Segurança Pública.

Para ele, a agenda de segurança é obviamente importante, mas não vai ser a única coisa discutida pelo Congresso neste ano. Meirelles disse também que recebeu ligações de líderes do Congresso interessados em discutir sobre alguns pontos da pauta econômica.

Meirelles disse que na próxima semana deverá intensificar as conversas que podem levá-lo a decidir deixar o ministério no início de abril para disputar a Presidência da República nas eleições de outubro e voltou a dizer que tem mantido conversas com o MDB, partido de Temer, e com outras legendas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp