Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Comitê Gestor do Pacto por um Ceará Pacífico se reuniu, na manhã desta sexta-feira (11), no Palácio da Abolição, e apresentou dados da redução da violência no estado. O encontro foi comandado pelo governador Camilo Santana e pela coordenadora-executiva do Pacto, a vice-governadora Izolda Cela.

O destaque ficou para a redução dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) que, de janeiro a setembro de 2019, registrou uma retração de 52,3% se comparado ao mesmo período do ano passado. Ao todo, são 1.830 mortes a menos. Os CVLI englobam os casos que se enquadram como homicídio doloso/feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio.

Para o governador Camilo Santana, os bons resultados são fruto de um trabalho integrado.

O Ceará Pacífico reúne o esforço de diversas instituições. A redução da violência no nosso estado decorre do compartilhamento das informações. Não existe mais aquela ideia de que cada instituição trabalha por si só. O enfrentamento da violência não se dá somente no trabalho policial, mas também na prevenção e na intervenção urbana, disse.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, ressaltou as palavras do governador.

Esse é um momento importante, em que todos dão a sua contribuição em busca de uma sociedade mais pacífica. Esse conjunto de ações que vem sendo implantado mexe com os criminosos, eles se convencem de que não ficarão impunes. Isso está impactando na redução da violência.

Também compareceram ao encontro o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Sarto; o presidente do TJCE, desembargador Washington Araújo; o vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan; O procurador-geral de Justiça, Plácido Rios; a desembargadora Adelineide Viana; o presidente da OAB, Erinaldo Dantas; entre outros.

 

(*) Com informações do Governo do Estado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp