Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O primeiro turno das eleições 2018 está chegando. Faltam 48 horas para os eleitores cearenses começarem a escolher o presidente da República, o governador do Estado, dois senadores, 22 deputados federais e 46 deputados estaduais.

No Estado, são, pelo menos, 6,3 milhões de pessoas aptas a votar no próximo domingo, 7. Muitos eleitores, porém, estarão fora do primeiro turno – somente nas cidades que passaram pela biometria para as eleições deste ano, são 234 mil votantes a menos. Ao todo, 453 mil eleitores cearenses deixaram de atualizar o cadastro na Justiça Eleitoral e estão impedidos de votar nas eleições 2018. No Ceará, o cadastramento biométrico é obrigatório em 129 dos 184 municípios e iniciou em 2009, na cidade de Eusébio.

Em entrevista a edição desta sexta-feira, 5, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), a coordenadora de Administração do Cadastro Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral do Ceará (TRE-CE), Lorena Belo, explicou que há muita gente ainda chegará ao dia da eleição sem saber em que secção vai votar e onde está localizada essa secção.

Lorena lembra que o eleitor que tem dúvida sobre a situação do seu título ou sobre o seu local de votação pode ligar para o número 148, também conhecido como Disque Eleitor. O serviço funciona todos os dias das 7h às 19h e neste sábado, véspera da eleição, vai prestar atendimento ao eleitor até às 21h. No domingo, o atendimento também será especial e inicia às 6h30, se estendendo até o final do horário de votação, às 17h.

A coordenadora de Administração do Cadastro Eleitoral do TRE-CE pontua ainda que os eleitores também podem tirar essas dúvidas por meio do site do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), cujo endereço é www.tre-ce.jus.br. Outro alternativa, de acordo com Lorena, é que o eleitor faça uso do e-título, aplicativo da Justiça Eleitoral que lhe permite gerar em seus celulares e tablets uma versão digital do seu título de eleitor.

No caso dos eleitores que estão com os títulos cancelados, Lorena ainda esclarece que essas pessoas podem buscar regularizar sua situação junto a Justiça eleitoral a partir do 5 de novembro, tornando-se aptos a votar já nas eleições de 2020.

Confira no player abaixo a entrevista completa com a coordenadora de Administração do Cadastro Eleitoral do TRE-CE, Lorena Belo:

LORENA BELO – COORDENADORA DE ADMINISTRAÇÃO DO CADASTRO ELEITORAL DO TRE-CE