Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma preocupação a mais para milhares de cearenses que estão viajando ou começam a arrumar as malas para curtir férias no exterior, principalmente, no continente asiático. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a avaliação do risco internacional do coronavírus que surgiu na China passou de “moderado” para “alto”. Segundo a OMS, a avaliação anterior, que descartava a possibilidades dos casos, foi um “erro de formulação”.

Na semana passada, a organização considerou “muito cedo para falar de uma emergência de saúde pública de alcance internacional”. O termo utilizado para avaliar o nível de transmissão da doença é usado apenas para epidemias que exigem certa reação global, como a gripe suína H1N1 em 2009, o vírus zika em 2016 e a febre ebola, que atingiu parte da África Ocidental entre 2014 e 2016 e República Democrática do Congo desde 2018.

Até agora, pelo menos 81 pessoas morreram das mais de 2.700 que foram infectadas na China desde o seu surgimento no final de dezembro. O vírus já se espalhou pela Ásia, Europa, Estados Unidos e Austrália.

O coronavírus é semelhante ao vírus da gripe porque infecta animais, que transmitem o vírus ao ser humano. Em seguida, a infecção é de pessoa para pessoa por meio da secreção, tosse, ar e objetos contaminados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp