Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Uma denúncia enviada pelo WhatsApp “Fale com o secretário” resultou na desarticulação de um esquema criminoso que aconteceria em Taquara – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) em Caucaia. A ação foi realizada no último dia 25 e localizou uma casa que servia de fachada para o porte ilegal de armas. Policiais da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) e da Delegacia Metropolitana de Caucaia estiveram envolvidos no trabalho.

A informação inicial apontava que dois homens estariam traficando entorpecentes e portava uma metralhadora, fazendo terror na área do Lageiro, no bairro de Taquara. As equipes caíram em campo e descobriram o local, com um dos suspeitos fora da residência e que realmente havia porte ilegal de armas. Os policiais fizeram a abordagem e identificaram o suspeito no interior do imóvel, Francisco Émenson Sousa de Lima (18), o “Miúdo”, já responde por posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor. A Polícia descobriu ainda, outro criminoso, menor de idade, como parceiro de Émenson.

No local, a Polícia apreendeu duas armas artesanais, uma semelhante a uma submetralhadora e outra semelhante a uma pistola, que estavam escondidos entre as plantas fora da casa. Continuando as buscas, os policiais encontraram num cômodo da residência, munição de calibre 9 mm e diversas munições de calibre 38. No quintal, enrolada num saco de carvão, foi encontrada uma terceira arma artesanal, semelhante ao formato de metralhadora, com silenciador. As munições estavam intactas, no entanto, seriam usadas na metralhadora e na submetralhadora.

A dupla confessou o crime e afirmou que as armas pertenciam ao adolescente. Os mesmos foram levados para a Delegacia Metropolitana de Caucaia e autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, porém, devido a situação do menor, em acordo com a autoridade oficial e o conselho tutelar do município, o rapaz foi transferido para o Centro de Triagem no município de Fortaleza, no Passaré – Área Integrada de Segurança 07 (AIS 07).

“Fale com o secretário”

A ferramenta foi criada para aproximar a população do secretário André Costa. O WhatsApp “Fale com o secretário” é uma iniciativa que funciona como meio para o recebimento de sugestões, elogios, reclamações e denúncias à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Por meio do aplicativo, as informações repassadas podem ser enviadas com fotos e vídeos anexadas.

E importante ressaltar que o aplicativo funciona como um complemento do serviço de disque-denúncia 181 da SSPDS e não substitui o telefone 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), onde são recebidas as ocorrências e solicitações de viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil ou Perícia Forense.

Fonte: SSPDS