Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A trégua nas chuvas e os baixos níveis dos reservatórios que abastecem o Interior do Estado e a Grande Fortaleza estão levando o Governador Camilo Santana a mais uma audiência com o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, para pedir agilidade nas obras da transposição do Rio São Francisco A agenda de Camilo tem audiências, em Brasília, a partir das 15 horas. O encontro no Ministério da Integração Nacional terá a participação do Presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB).

O baixo volume de chuvas no mês de março gerou preocupação aos técnicos do Governo do Estado que veem dificuldades na recarga de açudes de barragens e, com isso, ameaça de falta de água para o consumo da população. As previsões da Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia) sobre a quantidade de chuvas para o mês de março não se confirmaram, o que gera, nesse momento, apreensão.

A preocupação é maior ainda porque as fontes alternativas para atender à demanda de consumo – como poços profundos e carros-pipa, não são suficientes. Uma das saídas para a garantia que não haverá falta de água para o consumo humano é a conclusão do projeto da transposição ou mesmo a dessalinização – projeto mais demorado e inviável para o curto prazo.

O caminho das águas do São Francisco tem, porém, contratempos: as obras do trecho dos canais entre Cabrobó (PE) e Jati (CE) estão em ritmo lento e paradas em algumas áreas. Trabalhadores da empresa responsável pelas obras decidiram suspender as atividades alegando atraso em salários. O Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, garantiu que, mesmo com os problemas no cronograma das obras, a transposição ficará concluída ainda neste primeiro semestre.

As dúvidas sobre o andamento das obras e a incerteza sobre a quadra invernosa levam o Governador Camilo Santana a cobrar mais uma vez a urgência na conclusão do projeto de Transposição das Àguas do Rio São Francisco. A lentidão nas obras da transposição, como destacou, nesta quarta-feira, no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras no Interior),  o jornalista Beto Almeida, acontece por falta de verbas e atraso no repasse dos recursos pela União ao consórcio responsável pelo trecho do projeto entre Cabrobó e Jati.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp