Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Região de Caucaia somou US$ 116,7 milhões em exportações no primeiro semestre de 2019, sendo o segundo município em volume de vendas ao exterior. O total representa um crescimento de 262,1% em relação ao mesmo período do ano passo e é o segundo que mais cresceu entre os 20 maiores exportadores do Ceará.

O subgrupo que lidera as vendas da cidade no acumulado de 2019 é o de componentes eólicos, como pás. Os envios comerciais de pás eólicas ao exterior totalizaram US$ 107,1 milhões, o que representa um crescimento de 375%, se compararmos com o valor exportado no primeiro semestre de 2018. O município permanece líder nacional em exportações de itens do grupo das pás. Em seguida, as pedras de cantaria e construção totalizam US$ 6,02 milhões, sendo o 2° item mais exportado. Na 3° posição, está o grupo das ceras vegetais que totalizaram 2,1 milhões e crescimento de 54%.

Os Estados Unidos englobam 76,2% dos destinos das exportações de Caucaia, com US$ 88,9 milhões. O expressivo valor estadunidense cresceu 206,1% em relação a 2018. O segundo maior cliente do município no exterior é a Alemanha, que importou US$ 25,5 milhões, valor mis que 118 vezes superior ao consumido no intervalo janeiro-julho de 2018.

Quanto aos produtos importados, os produtos siderúrgicos, como placas de aço, totalizaram US$ 34 milhões, sendo o principal grupo comprado no exterior. Os itens de ferro e aço compõem 40,8% do total importado por Caucaia. Contudo, o item que mais cresceu na demanda do município foram resinas epóxidas, com total de US$ 11,9 milhões e crescimento de 117,2% em relação ao ano anterior. Os maiores fornecedores de Caucaia são China, Alemanha e Estados Unidos, que exportaram ao município US$ 24,3milhões, US$ 23,9 milhões e US$ 21,7 milhões, respectivamente. Destes, o mercado alemão foi que mais cresceu em fornecimento, com 111,9% de crescimento no valor exportado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp