Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará desperta interesse na agenda dos pré-candidatos a presidente da República e das lideranças nacionais dos partidos que querem se revitalizar ou se reestruturar com vistas às eleições de 2018. O pré-candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, agenda, para os dias 29 e 30 deste mês, visita às cidades de Quixadá e Crato, dentro da programação que cumprirá em outros estados do Nordeste, como Pernambuco e Paraíba.

Citado como um dos nomes do PSDB ao Palácio do Planalto, o prefeito de São Paulo, João Doria, quer, também, manter contatos com os tucanos cearenses e, no próximo dia 18, estará em Fortaleza. Doria terá uma reunião com o senador Tasso Jereissati e com dirigentes locais da sigla que, no Ceará, é comandada pelo ex-senador Luiz Pontes.

O encontro de Doria com Tasso acontece no momento em que o PSDB enfrenta o dilema de permanecer ou entregar os cargos que ocupa no Ministério do presidente Michel Temer. A vinculação do PSDB com o Governo Temer tem gerado desgastes à imagem do partido. O desgaste é ainda maior após o episódio envolvendo o senador Aécio Neves que chegou a ser afastado das funções no Senado por citação em suposto pedido de propina ao Grupo JBS.

A crise no PSDB fez Aécio Neves se afastar em definitivo da Presidência da Executiva Nacional e deixar, em seu lugar, o cearense Tasso Jereissati. Tasso se mobiliza com outras correntes do partido e com um grupo de economistas que defendem a revitalização da sigla e, especialmente, a saída da agremiação do Governo Federal. A conversa com João Doria, em Fortaleza, faz parte do roteiro da reconstrução do PSDB rumo às eleições de 2018.

Lula no Cariri e Sertão Central

Os dirigentes nacionais do PT querem ampliar o debate e mobilizar os militantes para fortalecer a sigla na corrida pelas eleições de 2018. O PT trabalha com a pré-candidatura de Lula e, na visita que o ex-presidente fará ao Nordeste, a estratégia é atrair novos filiados. A sigla, segundo a Coluna Painel, do Jornal Folha de São Paulo, edição desta segunda-feira,  tenta dar continuidade ao crescimento do número de filiados que ocorreu após a condenação do ex-presidente pelo juiz Sergio Moro.

Os números relevam que ,  entre os dias 12 e 31 de julho, a legenda recebeu 4.836 pedidos de ingresso em suas fileiras. Ao todo, no mês, foram 5.141 pedidos. Os dirigentes do PT decidiram promover debates temáticos durante a passagem da caravana de Lula por alguns Estados.

Em Pernambuco, o foco será o que a sigla chama de “desmonte” da atividade econômica, explorando a paralisação de obras vinculadas à Petrobras. Haverá também um ato público no parque do Recife que foi batizado com o nome da mãe do ex-presidente Lula, Dona Lindu. Já no Ceará, o mote das mobilizações será o programa Mais Médicos.

Os deputados estaduais Elmano Freitas e o Manoel Santana e o prefeito de Quixadá, Ilário Marques, se reuniram, na manhã desta segunda-feira, para discutir o cenário atual e os caminhos a serem percorridos pelo PT para ampliar as bancadas na Assembleia Legislativa e Câmara Federal. A conversa girou, também, sobre o cenário nacional e a visita do ex-presidente Lula ao Ceará.