Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Enem Digital, plataforma do Exame Nacional do Ensino Médio que será feito via internet, deve ter 100 mil vagas para estudantes interessados em participar do projeto piloto. A informação foi divulgada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Inicialmente, a expectativa era de que o piloto do programa tivesse apenas 50 mil vagas.

O Enem Digital vai entrar em vigor este ano em 15 capitais como projeto piloto voluntário, para alguma coisa entre 50 e 100 mil vagas. E depois, no futuro, espalhá-lo pelo Brasil todo, disse Weintraub.

Para o governo, o Enem Digital vai permitir a utilização de novos tipos de questões com vídeos, infográficos e até a lógica dos games. A sequência do programa, no entanto, depende da estruturação das escolas públicas brasileiras, em especial de seus laboratórios de informática. A expectativa é que o Enem Digital proporcione uma grande economia de dinheiro público, uma vez que, quando feito no papel, o exame acaba sendo mais caro por conta da logística.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp