Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Federação Nacional dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo ajuizou, no Supremo Tribunal Federal, Ação Direta de Inconstitucionalidade para questionar dispositivos da reforma trabalhista que preveem o contrato de trabalho intermitente. O correspondente do Jornal Alerta Geral (Expresso 104,3 FM – Grande Fortaleza e Região Metropolitana + 20 emissoras do Interior do Estado), Welton Silva traz mais informações. Confira:

WELTON SILVA – CONTRATO DE TRABALHO INTERMITENTE