Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O Complexo Industrial e Portuário do Pecém firmou uma parceria com o Porto de Roterdã, na Holanda, com vistas a ampliar as oportunidades de negócios entre o estado do Ceará e um dos maiores complexos portuários do mundo. A anúncio foi feito em solenidade realizada na tarde desta sexta-feira (19), no Palácio da Abolição, e contou com a participação do governador Camilo Santana e do presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE).
A parceira prevê a constituição de uma nova empresa para gerir o complexo, a CIPP, com participação em 30% do Porto de Roterdã, que terá ainda a Diretoria de Operações e acento no Conselho Administrativo. Serão aplicados R$ 323 milhões em investimentos no local, dos quais, R$ 90 milhões para melhorias na estrutura física do Porto do Pecém.
“Estamos estudando essa parceria desde 2015. Ano passado, assinamos um termo de compromisso e, após trabalharmos juntos, com a participação das melhores consultorias, chegamos a essa parceria que vai alavancar o desenvolvimento econômico do Ceará”, declarou Camilo.
Eunício ressaltou que a parceria Pecém / Roterdã, assim como acontece com o HUB aéreo Air France / KLM / Gol, vai proporcionar um novo impacto positivo na economia do Ceará. “É isso representa geração de emprego e renda para os cearenses”, enalteceu.
O CEO do Porto de Roterdã, Allard Castelein, destacou que todo o potencial do Ceará será apresentado à empresas e aos investidores que atuam na empresa holandesa. Com isso, eles terão as garantias necessárias, como as seguranças jurídica e econômica, para investir na região do Complexo do Pecém.
Já o embaixador dos Países Baixos no Brasil, Kess Van Rij, ressaltou as raízes históricas das relações entre Fortaleza e a Holanda, tendo como um dos marcos o Forte de Nossa Senhora da Assunção, construído por holandeses. Para ele, Roterdã é um parceiro fundamental, que vai impulsionar o desenvolvimento estratégico do Ceará.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp